Centro Especializado de Saúde tem horário ampliado em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Mudança25/10/2017 | 08h00Atualizada em 25/10/2017 | 08h00

Centro Especializado de Saúde tem horário ampliado em Caxias do Sul

Medida tem o objetivo de reduzir o número de pacientes que faltam a consultas e exames

Centro Especializado de Saúde tem horário ampliado em Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A partir do dia 1º de novembro, o Centro Especializado de Saúde (CES) de Caxias do Sul passa a atender das 7h às 18h45min, no mesmo prédio, na Rua Sinimbu. A ampliação do horário de atendimento é uma tentativa da prefeitura para reduzir o número de pacientes que faltam a consultas e exames agendados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Hoje, o serviço funciona até as 16h, o que, segundo a direção do CES, estaria numa faixa horária considerada ruim para o deslocamento de alguns pacientes.

Para se ter uma ideia, o percentual de ausências nas consultas com dermatologista chega a 20%, sendo que o tempo de espera para uma vaga ultrapassa um ano. A ortopedia é outra especialidade para adultos que também concentra um alto índice de faltas: cerca de 18% dos pacientes não aparecem no dia marcado. Mas são os atendimentos pediátricos, como nefrologia, endocrinologia, gastroenterologia e pneumologia, que juntos acumulam uma taxa de 80% de não comparecimento à consulta.

Leia mais:
Greve do magistério estadual é somente parcial nas escolas da Serra
Procura por exames que detectam doença cresce em Caxias do Sul
Atentado em Goiânia alerta para necessidade de conscientização contra bullying nas escolas

Com a ampliação, que será viabilizada sem custos excedentes para o município, a carga horária dos médicos foi redimensionada: em vez de o servidor cumprir a jornada diária num único turno, ele dividirá os atendimentos entre os períodos da manhã e da tarde, absorvendo as consultas marcadas para o final do dia. A expectativa é que desta forma as faltas diminuam.

— A mudança atende a uma necessidade da população. A maior taxa de faltantes é nas especialidades pediátricas, porque muitos pais conseguiam consulta apenas para um período em que estavam no trabalho e daí não conseguiam trazer os filhos. Acreditamos que, com a ampliação do expediente, as faltas sejam raras — espera a diretora do CES, Lauren Moreira.

Inicialmente, a extensão do horário não deve alterar o funcionamento da Farmácia Básica, que fica no mesmo prédio do CES. Porém, a ideia é de que este serviço também tenha o atendimento ampliado, assim que alguns ajustes forem feitos. Até lá, as unidades conveniadas ao Programa Farmácia Popular e as unidades básicas de saúde (UBSs) com horário estendido darão o suporte necessário ao CES.

Ao todo, seis especialidades serão contempladas com o horário estendido: ortopedia, dermatologia, nefrologia pediátrica, endocrinologia pediátrica, gastroenterologia pediátrica e pneumologia pediátrica. Futuramente, o projeto de ampliação deve abranger os outros tipos de consultas oferecidas no centro.

Mais agilidade na marcação de exames

Outra mudança que passa a valer juntamente com a ampliação do horário de atendimento no CES é a solicitação de alguns exames diretamente no Centro. O objetivo é evitar que o paciente tenha de voltar à unidade básica de saúde (UBS) para preencher a requisição. A partir de 1º de novembro, as ecografias abdominal, de rins e das vias urinárias, além de eletrocardiograma, raio X simples, espirometria e teste ergométrico serão solicitados assim que o paciente sair da consulta.

O retorno para mostrar os exames ao médico também será reagendado no próprio CES. A direção afirma que a mudança vai agilizar o processo, já que existem exames mais complexos e com maior demanda que podem demorar mais de 90 dias para serem entregues.

— Queremos evitar que o paciente entre numa nova fila de espera e que os exames percam a validade — afirma a diretora Lauren Moreira.

Os especialistas que precisam encaminhar pacientes para consultas com outros médicos, a fim de complementar o diagnóstico, também poderão fazer os agendamentos diretamente no Centro, evitando que o usuário volte até a UBS. Nesses casos, serão observados os critérios de prioridade, com base na comunicação entre os médicos. 

Já as avaliações cardiológicas, necessárias para a marcação de cirurgias, serão feitas num único dia, com a realização conjunta do eletrocardiograma e da consulta. Hoje, o usuário tem que ir até três vezes ao CES para conseguir o laudo com a autorização: uma para fazer o exame, outra para pegar o resultado e uma terceira vez para consultar o médico.

Prefeitura forma novas equipes de Estratégia Saúde da Família

Cinco unidades básicas de saúde (UBSs) serão beneficiadas com a chegada de novos profissionais em equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF) na Rede de Atenção Básica de Caxias do Sul. As equipes são formadas por, no mínimo, um médico, um enfermeiro, um técnico ou auxiliar de enfermagem e agentes comunitários de saúde, todos com carga de 40 horas de trabalho semanal. As unidades, que receberão as novas equipes, já contam com o serviço de odontologia e esses profissionais passam a fazer parte da ESF. Ao todo, são seis novas equipes distribuídas nas UBSs dos bairros Tijuca, Mariani, Planalto, Planalto Rio Branco e Desvio Rizzo (duas equipes).

— Os profissionais da enfermagem já estão atuando nas unidades, os médicos passam por capacitação e, nos próximos dias, também iniciarão seu trabalho. Os agentes comunitários integram-se às equipes gradualmente, conforme vão sendo nomeados os 20 novos profissionais que foram chamados para compor a rede — explica a diretora técnica de Estratégias de Saúde da Família, Maria Elenir Anselmo. 

Com a ampliação, a cobertura na Atenção Básica passará de 29% para cerca de 35% no município. A atuação das equipes ocorre nas UBSs, nas residências, por meio das visitas dos agentes comunitários e também na mobilização da comunidade, criando vínculos de compromisso e de corresponsabilidade entre a população e os profissionais da saúde. Essa interação permite que as equipes acompanhem de perto a situação de cada indivíduo e família, priorizando ações de promoção, proteção e recuperação da saúde.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros