Rotatória de Fazenda Souza, em Caxias do Sul, não deve ser concluída até outubro - Geral - Pioneiro

Obra12/09/2017 | 06h00Atualizada em 12/09/2017 | 09h56

Rotatória de Fazenda Souza, em Caxias do Sul, não deve ser concluída até outubro

Governo do Estado tem como meta entregar obra para beatificação do padre João Schiavo

Rotatória de Fazenda Souza, em Caxias do Sul, não deve ser concluída até outubro Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A conclusão da rotatória no acesso ao distrito de Fazenda Souza, em Caxias do Sul, pode não ser concretizada no tempo recorde estimado pelo governo gaúcho. A intenção era entregar a melhoria antes da cerimônia de beatificação do padre João Schiavo, que deve atrair milhares de católicos à comunidade no dia 28 de outubro. Contudo, a empreiteira responsável pelos trabalhos, a Dalfovo Construtora, admite que precisará de mais prazo e só deve concluir a rotatória no Km 155 da Rota do Sol em três ou quatro meses. O contrato entre a empresa e o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) estabelece seis meses para a execução e a entrega da obra.

Leia mais:
Trevo de Fazenda Souza, em Caxias do Sul, será reformulado
Marcopolo de Caxias retoma produção de componentes para ônibus
Problemas financeiros afetam a maioria das cidades da Serra

Representante da Dalfovo, Simões Rodrigo Reck ressalta que a obra não é tão simples quanto parece. Para ganhar tempo, a empresa já realizou o levantamento topográfico. As máquinas e operários da construtora devem iniciar os trabalhos na rodovia entre esta terça e quarta-feira.

— Nos foi solicitada a conclusão até o dia 20 de outubro, mas não será possível. Ainda temos que fazer ajustes no projeto e a ordem de início foi expedida no dia 8 (última sexta-feira). Mesmo com o tempo firme, levaremos três ou quatro meses. Faremos o máximo para entregar antes — diz Reck.

Outra complexidade, segundo o representante da Dalfovo, é desviar o trânsito durante os trabalhos. A condução de veículos ocorrerá pelo acostamento, pois os operários vão se concentrar principalmente no meio da pista. A Igreja Católica espera receber muita gente para a beatificação de Schiavo em Fazenda Souza no dia 28 de outubro.

Esse movimento deve se ocorrer principalmente pelo principal acesso ao distrito, que é pela Rota. Com o ponto em obras, os transtornos são previsíveis. Outra alternativa seria ingressar via Santa Lúcia do Piaí, o que aumentaria significativamente o percurso. O Estado ainda trabalha com o prazo de inauguração para outubro. O orçamento previsto para a obra é de R$ 925 mil.

A  obra

O acesso ao distrito de Fazenda Souza, no Km 155 da Rota do Sol, ganhará uma rotatória central e canteiros  para direcionar os fluxos de trânsito.  

Desta forma, a faixa da rodovia passará por alargamento e os veículos que trafegam entre Ana Rech e Fazenda Souza não precisarão cruzar os dois sentidos da Rota do Sol de uma só vez, como ocorre atualmente com a chamada rótula aberta. 

Os motoristas que seguem pela Rota do Sol terão a passagem livre, mas o trânsito passa a ocorrer no contorno do trevo e não mais no eixo principal da rodovia como a agora. A manobra para ingressar na rotatória forçará a redução da velocidade. Ao todo, a intervenção vai ocorrer ao longo de 200 metros daquele trecho.




 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros