Memória: Indústria na Semana da Pátria de 1977  - Geral - Pioneiro

Solenidade06/09/2017 | 10h07Atualizada em 06/09/2017 | 10h07

Memória: Indústria na Semana da Pátria de 1977 

Na década de 1970, a produção de veículos para o setor de transporte rodoviário e agrícola estava consolidada no mercado nacional e exportador

Memória: Indústria na Semana da Pátria de 1977  josé ferreia machado/Agencia RBS
Foto: josé ferreia machado / Agencia RBS

Empresas como a Madal interagiram com a data cívica ao desfilar com seus produtos. Os tradicionais desfiles de 7 de Setembro mobilizavam Forças Armadas, escolas, agremiações esportivas e instituições sociais. 

Leia mais
1º Encontro da Família Vebber
A Brasdiesel na história caxiense
O champagne de Manoel Peterlongo
Campeonato de handebol de 1974

A Semana da Pátria de 1977 inovou com a participação da indústria. A Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC Caxias), sob a presidência do empresário Raul Randon, atendendo a um convite especial do então prefeito Mansueto de Castro Serafini Filho, promoveu a exibição dos equipamentos automotivos pela Sinimbu.

Na década de 1970, a produção de veículos para o setor de transporte rodoviário e agrícola estava consolidada no mercado nacional e exportador. Entre as 19 empresas que contribuíram com os festejos à Pátria, destacaram-se os ônibus da Marcopolo, o caminhão fora de estrada da Randon, as carretas da Cabrini, da Dambroz e Rodoviária. 

Para o setor agrícola, evidenciaram-se os tratores da Agrale, a colheitadeira da Nora e a semeadora da De Antoni, como podem ser comprovadas nas imagens ao lado. Para a indústria pesada, a Madal demonstrou os guindastes para movimentar cargas diversas em depósitos e expedições de produtos. 

O público que prestigiou este desfile em 1977 testemunhou a consolidação de um parque fabril no Brasil. Os equipamentos representavam resultados que agregavam o esforço comum da CIC caxiense, da escola técnica do Senai e mostravam a contribuição tecnológica dos cursos de engenharia da Universidade de Caxias do Sul (UCS). 

Reportagem especial em fotos

O jornal Pioneiro veiculou um suplemento especial em homenagem às empresas participantes no desfile de 7 de Setembro de 1977. Em 33 imagens, o leitor pôde observar a dinâmica inovadora da indústria caxiense, bem como os produtos diferenciados para atender a inúmeras necessidades no mundo inteiro. 

Numa época em que o Brasil vivia indefinições no mercado internacional, Caxias do Sul produzia veículos e equipamentos para o mercado exportador com desenvoltura. Na seleção de imagens, destacam-se os produtos da Dambroz, o microônibus Marcopolo, a semeadora De Antoni e a colheitadeira Nora.

MICROÔNIBUS MARCOPOLO JUNIOR - Veículo foi desenvolvido para atender o transporte depequeno grupo de excursionistas. Este ônibus ganhoumercado mundial, especialmente nas grandes cidades Foto: Jose ferreira Machado / Agencia RBS
SEMEADORA DE ANTONI - A De Antoni foi uma das pioneiras de Caxias na fundiçãode peças. Os produtos destinavam-se à agricultura. Entreos equipamentos, máquinas de semear e colher grãos Foto: Jose ferreia machado / Agencia RBS
CAÇAMBAS DA DAMBROZ - Os equipamentos da empresa Dambroz eram projetados paraviabilizar os transportes de produtos específicos. A caçamba parao transporte de calcário atendeu o crescimento da agricultura Foto: Jose Ferreira Machado / Agencia RBS
COLHEITADEIRA NORA - A colheitadeira Nora foi projetada para atender edesenvolver a produção de grãos no Brasil. A empresaidentificou-se com a nova era do agrobusiness brasileiro Foto: José ferreira Machado / Agencia RBS

Confira outras publicações da coluna Memória

Leia antigos conteúdos do blog Memória


 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros