Lixo excedente na estação de transbordo de Caxias é levado para aterro sanitário - Geral - Pioneiro

Meio ambiente17/09/2017 | 11h52Atualizada em 17/09/2017 | 14h12

Lixo excedente na estação de transbordo de Caxias é levado para aterro sanitário

Situação de material acumulado foi normalizada neste sábado 

Lixo excedente na estação de transbordo de Caxias é levado para aterro sanitário Ricardo Becker/Divulgação
Foto: Ricardo Becker / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) normalizou, neste sábado, a situação do lixo excedente armazenado na estação de transbordo de Caxias do Sul, nas proximidades do bairro Cidade Industrial. 

Leia mais
Lixo de 15 dias de coleta se acumula a céu aberto no bairro Cidade Nova em Caxias
"Trata-se de uma excepcionalidade", diz Codeca sobre acúmulo de lixo a céu aberto no bairro Cidade Nova em Caxias
Eleitos a Mais Bela Recicladora e o Mais Belo Reciclador de Caxias do Sul 

O material orgânico foi levado para o aterro sanitário Rincão das Flores, no distrito de Vila Seca. O atraso foi ocasionado pela falta de duas das quatro carretas que fazem o serviço. Um dos veículos, que está em manutenção, deve voltar a operar nesta segunda-feira. 

A expectativa da Codeca é que com três carretas em operação, cada uma com capacidade para 65 metros cúbicos, o serviço volte às condições normais. O quarto veículo está com processo licitatório em andamento para substituição. 

Na quarta-feira, as comissões de Saúde e Meio Ambiente e de Legislação Participativa e Comunitária da Câmara de Vereadores denunciaram o lixo acumulado na estação de transbordo. 

Conforme os vereadores, que estiveram no local na semana passada, o material era equivalente a 80 caminhões de resíduos, resultado de 15 dias de coleta. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros