Gêmeos caxienses que jogam basquete na Flórida aguardam passagem do furacão Irma em abrigo público - Geral - Pioneiro

Desastre natural10/09/2017 | 21h11Atualizada em 11/09/2017 | 17h13

Gêmeos caxienses que jogam basquete na Flórida aguardam passagem do furacão Irma em abrigo público

Augusto e Antônio Dartora de Martini vivem em Bradenton com a mãe, Talu, que também está no abrigo

Gêmeos caxienses que jogam basquete na Flórida aguardam passagem do furacão Irma em abrigo público Talu De Martini/Divulgação
Foto: Talu De Martini / Divulgação

Os gêmeos caxienses Augusto e Antônio Dartora De Martini, 14 anos, e a mãe Talu Andréa De Martini, que desde janeiro moram em Bradenton, na Flórida, estão alojados desde a manhã de sábado em um abrigo improvisado numa escola pública, junto a cerca de outros 400 moradores da cidade na costa oeste. A ordem para as famílias evacuarem de suas casas se deu na sexta-feira, após a confirmação de que a cidade estava na rota do Furação Irma. Promessas do basquete brasileiro, os irmãos receberam bolsas de estudo na IMG Academy, um dos centros esportivos mais conceituados dos Estados Unidos.

Em contato com o Pioneiro na noite deste domingo, Talu comentou que, embora haja apreensão pelo contexto do desastre natural, há uma certa tranquilidade devido ao planejamento eficiente feito pelo governo da Flórida. 

 Leia mais
"Estamos confiantes", diz moradora da Serra que conseguiu embarcar nos EUA apesar da ameaça do Irma
"Dá um pânico", diz caxiense em férias na Flórida sobre furacão Irma
Grupo de dança farroupilhense que se apresentou na Disney é impedido de voltar por ameaça de furacão 

— Como as primeiras notícias davam conta de que o furação passaria pela costa leste, e nós estamos do outro lado, estávamos mais tranquilos. Mesmo assim, estocamos água e comida e deixamos mudas de roupa preparadas, como foi recomendado. Conforme surgiram as informações de que a rota estava se alterando e que o furacão passaria pela nossa região, houve a evacuação obrigatória. Àquela altura, já não havia mais passagem aérea, nem gasolina nos postos. Mas o serviço público foi formidável desde o começo, ofereceu tudo o que as famílias precisavam, e aqui no abrigo estamos tranquilos, na medida do possível. Porém, devemos ficar sem internet nas próximas horas — comenta. 

O Irma deve atingir o condado de  Manatee, onde fica Bradenton, por volta da meia noite (0h de hoje),e depois seguir para o Norte, em direção à cidade de Tampa. A expectativa é de que a família possa deixar o abrigo até quarta-feira. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros