Devedores de impostos municipais em Bento Gonçalves podem ir para o SPC - Geral - Pioneiro

Mudança12/09/2017 | 13h28Atualizada em 12/09/2017 | 13h28

Devedores de impostos municipais em Bento Gonçalves podem ir para o SPC

Podem ser inscritas pessoas e empresas com dívidas de IPTU, ISSQN e outras taxas


Foto: Gustavo Bottega / Prefeitura de Bento Gonçalves, divulgação

Contribuintes que estão com impostos ou taxas municipais atrasados em Bento Gonçalves começarão a ser cadastrados no SPC Brasil. O contrato entre a prefeitura e a empresa vencedora da licitação deve ser assinado nos próximos dias. Depois, começam a ser enviadas listas com os devedores ao serviço de proteção ao crédito. As informações são da Gaúcha Serra

 Leia mais:
Número de prisões cresce em Caxias do Sul pela primeira vez em cinco anos
Rotatória de Fazenda Souza, em Caxias do Sul, não deve ser concluída até outubro
Mais da metade das escolas registra adesão à greve de professores da rede estadual em Caxias  

Podem ser inscritas no SPC pessoas e empresas com dívidas de IPTU, ISSQN e outras taxas. No total, o município tem cerca de R$ 165 milhões a receber. A maior parte, R$ 158,1 milhões, é dívida ativa. Outros 6,9 milhões são correspondentes a débitos. No total, são R$ 20,5 milhões em IPTU, R$ 98,4 em ISSQN e R$ 45,8 em outras taxas. 

A Secretaria de Finanças ainda tabula a quantidade de contribuintes em dívida com o município. O cadastro no SPC será gradual. Quem está negativado encontra dificuldades para contratar crédito ou comprar de forma parcelada em lojas. 

Uma possibilidade para o contribuinte evitar isso é renegociar a dívida por meio do Programa de Recuperação Fiscal do Município (Refis), que permite o abatimento dos valores até 20 de dezembro. Os interessados têm de procurar a Secretaria de Finanças, das 9h às 16h. 

Os descontos para a multa são de 70% para quem pagar em uma parcela nos próximos meses. O abatimento dos juros moratórios varia de 70% a 100%, conforme a data de quitação. Também é possível fazer o pagamento em duas, três ou quatro vezes. Nesses casos, o desconto na multa é de 50% e nos juros moratórios, varia de 50% a 80%. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros