Com abertura da UPA em Caxias, moradores pedem rotatória na Rota do Sol - Geral - Pioneiro

Protesto20/09/2017 | 15h44Atualizada em 20/09/2017 | 16h38

Com abertura da UPA em Caxias, moradores pedem rotatória na Rota do Sol

Comunidade da Zona Norte está preocupada com aumento do movimento no trecho, conhecido pelo número de acidentes

Com abertura da UPA em Caxias, moradores pedem rotatória na Rota do Sol Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

A inauguração da UPA Zona Norte, em Caxias, trouxe alívio aos moradores da zona norte da cidade, mas também intensificou uma preocupação. Durante a cerimônia de abertura da unidade, na manhã desta quarta-feira (20) a comunidade local realizou um protesto pedindo a construção de uma rotatória na Rota do Sol, já que terão que atravessar a rodovia para ter acesso ao serviço.

A demanda é antiga: o trecho conhecido como trevo do posto São Luiz, nas proximidades da Codeca, é considerado um dos maiores gargalos do trânsito da cidade, já que dá acesso a bairros como Santa Fé e Belo Horizonte. Atualmente, os motoristas precisam aguardar até que o movimento permita para ingressar na rodovia. 

Leia mais:
UPA Zona Norte é inaugurada em Caxias do Sul
UPA de Caxias do Sul abre as portas nesta quarta-feira com a missão de desafogar o Postão 24h

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Santa Fé, Joevil Reis da Silva, afirma que o aumento do tráfego de veículos a partir da abertura da UPA preocupa a comunidade.

– Ontem mesmo tivemos dois acidentes aqui. Queremos uma resposta, são vinte anos de luta por essa rotatória e um joga para o outro – lamenta. 

De acordo com o prefeito de Caxias do Sul, Daniel Guerra, a prefeitura planeja a construção da rotatória desde o início do ano. No entanto, como trata-se de uma rodovia estadual, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem tem que aprovar o projeto. 

– Nós precisamos que o Daer libere os projetos. Essa rodovia é estadual, mas como o governo do Estado não vai alocar os recursos, nós iremos assumir o custo total com essa obra – defende Guerra.

O secretário municipal de Trânsito, Cristiano de Abreu Soares, porém, reconhece que não há previsão para a construção da rotatória. 

– A verba da obra já está aprovada, mas ficaram pendências no projeto. Eu, particularmente, tenho total interesse em ver essa obra pronta. É um legado da minha gestão como secretário que considero muito importante. Então, se tivesse sido aprovada como tem se falado por aí, eu já teria feito – afirma.

Ele diz que, até o momento, o projeto está 90% concluído. Faltam ajustes por parte do Daer e transferências de postes de luz e de caixas do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), que estão no centro da rotatória e não constavam no projeto original. 

O Pioneiro tentou contato com o Daer, mas não recebeu retorno até o momento. 

Os quase R$ 3 milhões para o custeio da obra estão reservados por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal. A cidade tem direito ao valor se utilizá-lo até outubro de 2018.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros