Caxiense em Saint Martin, ilha atingida pelo furacão Irma, deve ser resgatada na terça-feira - Geral - Pioneiro

Resgate10/09/2017 | 19h12Atualizada em 10/09/2017 | 21h13

Caxiense em Saint Martin, ilha atingida pelo furacão Irma, deve ser resgatada na terça-feira

Mariana Fischer Costa estava em férias com o esposo e a filha

Caxiense em Saint Martin, ilha atingida pelo furacão Irma, deve ser resgatada na terça-feira Arquivo pessoal/Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal / Arquivo pessoal

Após sobreviver à passagem do furacão Irma por Saint Martin, a família da caxiense Mariana Fischer Costa, 33 anos, será resgatada na terça-feira. A informação é do irmão de Mariana, Maurício Fischer Costa. Ele recebeu uma ligação do Ministério das Relações Exteriores no início da noite deste domingo com a confirmação de que um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) irá buscar os brasileiros que estão na ilha franco-holandesa. A informação não foi confirmada pela assessoria de imprensa do Itamaraty. 

Leia mais
"Estamos confiantes", diz moradora da Serra que conseguiu embarcar nos EUA apesar da ameaça do Irma
"Dá um pânico", diz caxiense em férias na Flórida sobre furacão Irma
Grupo de dança farroupilhense que se apresentou na Disney é impedido de voltar por ameaça de furacão

Mariana, grávida de quatro meses, viajou de férias com o marido Rafael Forno e a filha Giovanna, três, no início do mês. Eles voltariam ao Brasil neste sábado, mas acabaram surpreendidos pelo furacão que atingiu a ilha na quarta-feira. No final da manhã deste domingo, a família recebeu uma mensagem de texto avisando que eles estavam bem e aguardavam resgate. 

— Até não estarem aqui, não vou estar cem por cento tranquilo. A Mariana é muito forte e não demonstra quando está acontecendo algo. Só vou estar tranquilo quando for buscá-la no aeroporto — diz o irmão. 

Maurício conta que a irmã fez contato minutos antes do furacão atingir Saint Martin dizendo que a família não precisava se preocupar porque o hotel onde estavam hospedados era seguro. Na quinta, ela contatou novamente o irmão, desta vez chorando, dizendo que a situação era caótica. 

Mariana é médica ginecologista e Rafael é fiscal da Receita Federal. Ela é natural de Caxias do Sul, mas mora em Nova Hamburgo com o esposo e a filha. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros