Após acidente com morte, trânsito é liberado na ERS-122, em Flores da Cunha - Geral - Pioneiro

Estrada perigosa21/09/2017 | 08h57Atualizada em 21/09/2017 | 08h57

Após acidente com morte, trânsito é liberado na ERS-122, em Flores da Cunha

Caminhoneiro perdeu o controle próximo da ponte sobre o Rio das Antas. Trecho ficou bloqueado desde as 6h30min de quarta-feira

Após acidente com morte, trânsito é liberado na ERS-122, em Flores da Cunha Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Rádio Gaúcha e Pioneiro

O trânsito na ERS-122, no km 108, entre Flores da Cunha e Antônio Prado, foi liberado por volta das 4h30min desta quinta-feira. A rodovia estava bloqueada desde as 6h30min de quarta-feira após acidente envolvendo um caminhão. O motorista do veículo, Marco Antônio Lacerda, 55 anos, morreu e uma substância tóxica ficou espalhada na pista.

Leia também
Motorista de caminhão morre em acidente na ERS-122 e rodovia fica trancada, em Flores da Cunha

Vidas perdidas no trânsito

Embora a pista esteja liberada, podem haver bloqueios ao longo do dia para a limpeza completa da rodovia. De acordo com o Grupo Rodoviário de Farroupilha, o caminhão e parte da substância que o veículo carregava foram retirados. A substância ainda está nas valetas e é essa limpeza que será feita. Os bloqueios ao longo do dia serão parciais. A substância que o caminhão carregava era similar a asfalto líquido. A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) fará uma nova avaliação nesta quinta-feira.

Números do Comando Rodoviário da Brigada Militar e levantamento do Pioneiro mostram que 25 pessoas, incluindo o motorista Marco Antônio Lacerda, já morreram no local. Outras 232 ficaram feridas nessa parte mais complicada da ERS-122, num trecho que vai do Km 104, em Flores da Cunha, passa pela ponte sobre o Rio das Antas e chega ao Km 115, já em Antônio Prado. Os dados consideram os casos registrados de 1ª de janeiro de 2010 até a tarde de quarta-feira. 

Assim como Lacerda, parte das vítimas estava ao volante de um caminhão. De 2014 para cá, já são cinco caminhoneiros mortos em acidentes parecidos.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros