Adesão à greve dos professores é baixa na Serra  - Geral - Pioneiro

Educação06/09/2017 | 14h32Atualizada em 06/09/2017 | 14h33

Adesão à greve dos professores é baixa na Serra 

São onze instituições paralisadas totalmente em Caxias do Sul 

Adesão à greve dos professores é baixa na Serra  André Fiedler / Gaúcha Serra/Gaúcha Serra
Foto: André Fiedler / Gaúcha Serra / Gaúcha Serra
Rádio Gaúcha
Rádio Gaúcha

Os professores da rede pública estadual decretaram, na manhã de terça-feira, greve por tempo indeterminado. Em Caxias do Sul, a adesão à greve nesta quarta-feira ainda é pequena. As informações são da Gaúcha Serra.

De acordo com a 4º Coordenadoria Regional de Educação (CRE) as escolas paralisadas totalmente hoje são: escola estadual Kalil Sehbe, a Dante Marcucci, a escola Dario Granja Sant'anna, a Ivanyr Euclinia Marchioro, a escola João Magalhães Filho, a escola estadual Rachel Calliari Grazziotin, a São Virgílio, o Colégio Estadual Imigrante, a escola Presidente Vargas, além da escola de ensino Médio Clauri Flores Alves e a Olga Maria Kayser. Outras três aderiram a greve de forma parcial e nove continuam com aulas normais.

Leia mais
Estudantes de Caxias do Sul têm até esta quinta-feira para se inscrever em concurso literário 
Aprovada criação de boletim eletrônico para escolas particulares de Caxias

Em Farroupilha, o Colégio São Tiago e a escola estadual Farroupilha aderiram a greve de forma parcial. Em Bento Gonçalves o Colégio Estadual Dona Isabel e o Colégio Estadual Landell de Moura, as maiores escolas da cidade, tem aula normal.

Os professores paralisam as atividades por conta do parcelamento de salários e de acordo com David Carnizella, novo coordenador do 1º Núcleo do CPERS em Caxias, a greve deve seguir na próxima semana.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros