10 famílias permanecem morando às margens da Rota do Sol em Caxias - Geral - Pioneiro

Assistência Social 13/09/2017 | 13h48Atualizada em 13/09/2017 | 14h59

10 famílias permanecem morando às margens da Rota do Sol em Caxias

Elas não aceitaram ou não se encaixaram no projeto habitacional Rota Nova

10 famílias permanecem morando às margens da Rota do Sol em Caxias Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Angela Salvallaggio

angela.zorzi@rdgaucha.com.br

Dez famílias vão permanecer morando às margens da Rota do Sol em Caxias do Sul. Conforme o secretário de Habitação da cidade, Elisandro Fiuza, elas não aceitaram ou não se encaixaram no projeto habitacional Rota Nova. Com isso, segundo Rogério Uberti, diretor-geral do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), será feita uma reintegração de posse no local e as famílias serão obrigadas a sair. Uberti diz ainda que o processo já está em andamento. As informações são da Gaúcha Serra. 

Leia mais:
Famílias que abandonaras animais durante mudança para o Rota Nova,em Caxias, devem responder judicialmente.
Escola de Nova Petrópolis comemora reconstrução após incêndio.

Nesta quarta-feira, mais 18 famílias serão removidas do bairro Santa Fé, próximo a Codeca, para transferência aos apartamentos do Residencial Rota Nova. Com isso, 380 famílias já estarão instaladas no Loteamento Matioda, na Estrada Municipal Pedro De David. Até agora 363 casas foram demolidas no bairro Cidade Industrial, local onde todas as famílias já foram removidas, e no Santa Fé.

Ainda conforme o secretário de Habitação de Caxias, faltam mais 40 famílias da Quadra 16, no bairro Reolon, da Rua Luis Covolan e da Av. Triches ocuparem as residências no Loteamento. A mudança de todas deve ocorrer antes do prazo de término previsto pela prefeitura, que era no final do mês de setembro.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros