Prefeitura de Caxias pede 15 dias para realizar adequações no Postão 24h - Geral - Pioneiro

Ao Ministério Público26/08/2017 | 11h02Atualizada em 26/08/2017 | 11h02

Prefeitura de Caxias pede 15 dias para realizar adequações no Postão 24h

Prazo maior se refere a explicações sobre a compra de equipamentos médicos que estão em falta no Pronto-Atendimento

Prefeitura de Caxias pede 15 dias para realizar adequações no Postão 24h Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A Secretaria Municipal da Saúde encaminhou ao Ministério Público (MP) as informações solicitadas sobre a falta de equipamentos e medicamentos no Pronto-Atendimento 24 horas (Postão). Os esclarecimentos, envidados ainda na quinta-feira, foram exigidos após uma vistoria do Conselho Regional de Medicina (Cremers), ocorrida em julho. Na época, a entidade chegou a solicitar a interdição médica no local e também na unidade básica do bairro Fátima Baixo.

Em reunião com representantes do conselho, da Promotoria de Justiça, da prefeitura e do Corpo de Bombeiros na última semana, ficou acordado que o Executivo teria cinco dias para informar o que está sendo feito para resolver os problemas detectados.

Leia mais:
Treze motoristas são flagrados dirigindo sob efeito de álcool em Caxias
Prefeitura espera remover pombos de praças de Caxias até final do ano
Protocolado pedido de impeachment do prefeito de Caxias do Sul na Câmara

O documento enviado pela prefeitura na quinta defende que os medicamentos considerados em falta no relatório do Cremers foram substituídos por outros mais modernos. Segundo a pasta, a relação utilizada pela entidade na fiscalização tinha como base uma portaria do Ministério da Saúde de 2002.

A segunda parte do pedido de informações se referia à falta de equipamentos médicos no Postão. A Secretaria da Saúde solicitou novo prazo de 15 dias para responder como fará a compra dos materiais.

A titular da 5ª Promotoria de Justiça Especializada, Adriana Chesani, que recebeu o ofício, informou que vai deferir o pedido da prefeitura.

— Sabemos que para o poder público, às vezes, a burocracia para adquirir materiais é mais complicada — justifica.

O prazo de 15 dias corridos para que o município encaminhe novo ofício começa a contar na segunda-feira, dia 28.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros