Família desconhece possíveis motivos para a morte de mulher em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Investigação31/08/2017 | 19h46Atualizada em 12/09/2017 | 14h33

Família desconhece possíveis motivos para a morte de mulher em Caxias do Sul

Anajara dos Santos Amaral foi encontrada sem vida em rua da Zona Sul

Família desconhece possíveis motivos para a morte de mulher em Caxias do Sul Arquivo pessoal / Divulgação/Divulgação
Foto: Arquivo pessoal / Divulgação / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Familiares da mulher encontrada morta na Rua Líbera Rizzo, no bairro Esplanada, na manhã de quarta-feira, têm dúvidas sobre o que pode ter ocorrido. A hipótese cogitada pela Polícia Civil é de que Anajara dos Santos Amaral, 41 anos, foi assassinada. O atestado de óbito encaminhado para a família da mulher apontou traumatismo craniano, segundo a tia dela Deisimar dos Santos Klein.

Anajara tinha escoriações pelo corpo e uma perfuração na cabeça. A polícia aguarda a necropsia para definir se o ferimento foi causado por arma de fogo ou arma branca.

Leia mais
Ministério Público denuncia motorista por morte de jovem em Caxias do Sul
Polícia Civil aponta que adolescente participou de assalto a idoso que pulou de carro em Caxias do Sul

Segundo Deisimar, a sobrinha tinha três filhos que moravam em outra cidade. Como Anajara não tinha parentes em Caxias e supostamente morava sozinha no bairro São Caetano, a identificação só foi confirmada por meio das digitais.

Conforme a tia, Anajara estava trabalhando como auxiliar numa escola. Ela sofria convulsões com frequência, o que levanta também a possibilidade de ela ter sofrido um acidente. A mulher foi sepultada nesta quinta-feira em Palmeiras das Missões, cidade de onde era natural.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros