Ladrão rouba câmeras de fotógrafo durante ensaio de casamento de policial em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Insegurança13/07/2017 | 18h03Atualizada em 13/07/2017 | 18h03

Ladrão rouba câmeras de fotógrafo durante ensaio de casamento de policial em Caxias do Sul

Profissional registrava os 13 anos de união de um brigadiano e sua mulher

Ladrão rouba câmeras de fotógrafo durante ensaio de casamento de policial em Caxias do Sul Porthus Junior/Agencia RBS
Kleber Maurício ficou apenas com uma câmera, que ficou em seu estúdio na ocasião Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

A insegurança crescente em Caxias do Sul gera histórias cada vez mais inusitadas. Na quarta-feira, um policial militar de Farroupilha foi assaltado quando participava de um ensaio fotográfico para comemorar seus 13 anos de casamento. O mais prejudicado, no entanto, foi o fotógrafo Kleber Maurício dos Santos, que teve todo o seu equipamento levado.

Leia mais
Roubo a transporte coletivo teve aumento de 62% em Caxias no primeiro semestre
Polícia Federal de Caxias do Sul investiga fraude em benefícios de auxílio-reclusão
Comando da Brigada Militar garante mais policiais para a região da Serra

O crime ocorreu por volta das 17h20min dentro do Jardim Botânico, local comum de ensaios fotográficos por sua beleza natural. O próprio Kleber e sua assistente Laryane Barboza já aproveitaram dos jardins do parque inúmeras vezes. Desta vez, porém, se viram na mira de um revólver .38 niquelado.

— Quando chegamos tinha outros fotógrafos trabalhando e um pessoal da Prefeitura limpando. Eram umas 15 pessoas. De repente, todas sumiram e apareceu este cara encapuzado nos mandando ficar "pianinho" — relata o fotógrafo.

A arma do PM estava em seu carro e, pelo efeito surpresa, não teve como as vítimas reagirem. O criminoso utilizava uma touca ninja para esconder o rosto e, para a surpresa da equipe de fotografia, estava calmo e falava com uma certa educação.

— Ele recolheu todos os meus equipamentos, celulares, comida, tudo que encontrava. No final, avisou que era para esperarmos cinco minutos e depois irmos até a esquina, onde ele iria largar as chaves (do carro) — relembra Kleber.

O fotógrafo caxiense divulgou o ocorrido nas redes sociais com uma lista dos equipamentos levados (confira no quadro abaixo). A expectativa é que alguém encontre o material à venda e denuncie. Enquanto isso, conta com o apoio de amigos e colegas para manter os compromissos. No sábado, por exemplo, irá registrar um casamento com uma lente emprestada. Sobre o futuro, Kleber afirma que ainda precisa entender tudo que aconteceu.

— Ainda estou sem chão, perdido. Não sei como vamos fazer, de que forma trabalhar. Talvez procurar um segurança conhecido e fazer uma parceria. Não dá mais. Sentimos na pele que a segurança de Caxias do Sul está complicada.

O QUE FOI ROUBADO
:: 1 câmera Nikon D610
:: 1 câmera Nikon D700
:: 2 lentes 24x70
:: 1 lente 24x85
:: 1 lente 28x200
:: 1 lente 24x105
:: 1 flash Sb910
:: 1 flash sb900
:: Carregadores
:: Pilhas
:: 4 celulares
:: 1 caixa de bombom que seria presente de 13 anos do casal

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros