Golpistas se passam por garis para acessar moradias e pedir doações em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Alerta18/07/2017 | 10h17Atualizada em 18/07/2017 | 10h19

Golpistas se passam por garis para acessar moradias e pedir doações em Caxias do Sul

Denúncias afirmam que falsos funcionários da Codeca pedem dinheiro, oferecem serviços de manutenção e até furtam telhas e outros materiais

Pioneiro
Pioneiro

Desde a última semana, golpistas têm se passado por falsos garis para pedir doações a moradores de diferentes bairros de Caxias do Sul. Conforme denúncias recebidas pela Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca), eles acessam as residências e pedem dinheiro para crianças carentes ou em situação de vulnerabilidade social. Além disso, o grupo se oferece para verificar o encanamento das casas e as condições das telhas das residências. Eles ainda não foram identificados.

Leia mais:
Volta do frio impacta para sem-tetos, trabalhadores e vendedores de Caxias
Famílias serão ouvidas para esclarecer morte de ex-namorados em Carlos Barbosa
Brigada Militar de Canela prende foragido pela terceira vez neste ano

Segundo a diretora-presidente da Codeca, Amarilda Bortolotto, os bandidos utilizam um discurso convincente para, inclusive, retirar as telhas das moradias e furtá-las. 

— Recebemos uma denúncia de que uma idosa teve as telhas levadas por estes falsos funcionários. Acreditamos que eles têm utilizado do drama das famílias de Vila Oliva, atingidas por um temporal no mês passado, para furtar este tipo de material. Eles também pedem quantias em dinheiro — alerta.

A Codeca reforça que este tipo de atitude não corresponde aos serviços prestados pela empresa. As atribuições da Companhia se restringem à coleta de resíduos seletivos e lixo orgânico, varrição, roçadas e o gerenciamento do tratamento de lixo no aterro sanitário Rincão das Flores. Por isso, os funcionários não precisam acessar os as residências para coleta ou limpeza. 

Denúncias podem ser direcionadas a Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) que funciona pelo telefone 3224.8000. O CAC atende de segunda à sexta-feira, das 7 às 19 horas.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros