Famílias serão ouvidas para esclarecer morte de ex-namorados em Carlos Barbosa - Geral - Pioneiro

Trânsito17/07/2017 | 16h24Atualizada em 18/07/2017 | 16h16

Famílias serão ouvidas para esclarecer morte de ex-namorados em Carlos Barbosa

Morte ocorreu na ERS-446 na última quarta em Carlos Barbosa

Famílias serão ouvidas para esclarecer morte de ex-namorados em Carlos Barbosa Montagem sobre fotos do Facebook / reprodução/reprodução
Familiares de Raqueli não confirmam a possível reconciliação do casal. Foto: Montagem sobre fotos do Facebook / reprodução / reprodução
Pioneiro
Pioneiro

Ainda não estão esclarecidas as causas do acidente que matou um casal de ex-namorados na noite da última quarta-feira na ERS-446, em Carlos Barbosa. Raqueli Zimmer, 21 anos e Rudinei Testa, 30, perderam a vida na colisão frontal com um caminhão no Km 12 da ERS-446. A Polícia Civil colherá depoimentos nesta semana para tentar elucidar as circunstâncias do acidente. 

Leia mais: 
Cidades da Serra registram neve e chuva congelada nesta segunda-feira
Expectativa de neve lota hotéis de São José dos Ausentes


Raqueli e Rudinei estavam separados há cerca de seis meses, mas segundo familiares do homem, estava ocorrendo uma reaproximação entre os dois. Familiares de Raqueli não confirmam a possível reconciliação do casal. As dúvidas que a investigação pretende esclarecer é por que Rudinei estava conduzindo a Saveiro de Raqueli.

Vidas perdidas no trânsito

Câmeras de videomonitoramento flagraram o momento em que ele teria saído do prédio onde morava eme Flores da Cunha, às 17h09min de quarta-feira. Ele pilotou sua moto até Barão, cidade onde a jovem morava. Raqueli, por sua vez, trabalhou em uma floricultura normalmente até perto das 18h _ a informação de que a jovem esteve na moradia do ex-namorado em Flores da Cunha naquela tarde está descartada, segundo a irmã dela.

— Nós temos a confirmação de que ela ia visitá-lo em Flores da Cunha com bastante frequência nos últimos meses, mas não naquela tarde, de fato. O que queremos saber é o que ele foi fazer em Barão. É um mistério, porque ele tinha um churrasco com amigos agendado para aquela noite em Flores —  afirma Ronize Testa, irmã de Rudinei.

A família de Raqueli diz que os jovens estavam separados havia mais de seis meses e que esperam o resultado da investigação.

— Ela trabalhou até as 18h e avisou que estava indo buscar a mãe no salão de beleza. E não tivemos mais notícias dela. Nós queremos justiça, queremos entender o que aconteceu — lamenta o irmão de Raqueli, Roberto Zimmer.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros