Segundo assaltante preso em Campestre da Serra era procurado por outros crimes na região - Geral - Pioneiro

Polícia04/06/2017 | 18h31Atualizada em 05/06/2017 | 13h09

Segundo assaltante preso em Campestre da Serra era procurado por outros crimes na região

Diego Alexandre de Menezes Rios, o Guinimen, é suspeito de participação em outros ataques a caixas eletrônicos e também a carro forte

Segundo assaltante preso em Campestre da Serra era procurado por outros crimes na região Brigada Militar/Divulgação
Com um dos assaltantes, policiais recuperaram parte do dinheiro roubado em Campestre da Serra Foto: Brigada Militar / Divulgação

O cerco da Brigada Militar ao grupo que explodiu o cofre da agência do Banco do Brasil de Campestre da Serra, na madrugada de sábado, resultou na morte de um bandido e na prisão de outros dois. Um quarto envolvido conseguiu escapar e ainda era procurado até o fechamento desta edição. 

Um dos capturados, Diego Alexandre de Menezes Rios, o Guinimen, integra uma lista de investigados por diversos ataques a caixas eletrônicos na Serra, divulgada em maio pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). Rios é suspeito de participar de um ataque a agências bancárias em Santa Lúcia do Piaí, Arroio dos Ratos e na própria Campestre da Serra, e pode ter ligação com o ataque seguido de explosão de um carro-forte em Vila Cristina, no dia 8 de maio.

A ação criminosa ocorreu por volta das 3h, quando quatro homens armados com fuzis e pistolas abriram a agência e o cofre, efetuando disparos e usando explosivos. O bando fugiu num Renault Duster com placas clonadas de Viamão, levando uma quantia em dinheiro. Houve confronto com a BM quando o veículo dos criminosos estava a aproximadamente 500 metros da BR-116, na Localidade de São Manoel, interior de Campestre da Serra. A viatura da BM foi alvejada por tiros, mas nenhum policial foi atingido. 

Depois de sete quilômetros, a fuga foi interrompida e os criminosos se embrenharam na mata. Parte da quantia roubada foi abandonada no veículo _ o valor não foi divulgado. Com o reforço de guarnições de Vacaria, foram realizadas buscas durante a manhã. Por volta das 11h, policiais encontraram um dos criminosos escondido num galpão na localidade rural do Guacho. Lucas de Oliveira Barbosa, que cumpria pena no regime semiaberto da Penitenciária de Charqueadas, portava uma pistola 9 mm com numeração raspada, três carregadores municiados e um colete balístico.

As buscas continuaram à tarde e, por volta das 15h, a aproximadamente 200 metros de onde o Duster havia sido abandonado, policiais avistaram um homem ferido. Houve novo confronto e o homem foi morto. A identidade não foi divulgada. De acordo com o delegado Carlos Defaveri, o bandido não portava documentos. Com ele, foram apreendidos uma mochila com grande quantia em dinheiro, um colete balístico, explosivos, além de uma pistola 9 mm. 

A segunda prisão foi efetuada na manhã de domingo, quando Diego Alexandre de Menezes Rios foi detido após cerco feito na área próxima à localidade de São Manoel, na divisa com Criúva, em Caxias. 

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comCaxienses fazem bonito no início do Rally dos Sertões https://t.co/8ZN0Njwd6N #pioneirohá 9 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comFarrapos vence e segue na briga pela liderança do Super 8 https://t.co/qZubLVnMdv #pioneirohá 9 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros