Hospital Geral começa a prestar serviço de cirurgia bariátrica em Caxias - Geral - Pioneiro

Saúde05/06/2017 | 11h04Atualizada em 05/06/2017 | 11h04

Hospital Geral começa a prestar serviço de cirurgia bariátrica em Caxias

 Serão beneficiados usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) dos 49 municípios que integram a 5ª Coordenadoria Regional de Saúde

Pioneiro
Pioneiro

Habilitado pelo Ministério da Saúde ainda em fevereiro como unidade de assistência de alta complexidade a pacientes portadores de obesidade grave, o Hospital Geral (HG), de Caxias do Sul, dá início nesta segunda-feira ao atendimento ambulatorial para o serviço de cirurgia bariátrica (redução de estômago). Serão beneficiados usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) dos 49 municípios que integram a 5ª Coordenadoria Regional de Saúde (5ª CRS).

Leia mais
Hospital Geral, de Caxias do Sul, está habilitado para fazer cirurgias bariátricas
Mamógrafo de alta tecnologia permitirá exames mais precisos de câncer de mama em Caxias do Sul


Os atendimentos cumprirão um fluxo determinado pela Secretaria de Saúde de Caxias do Sul, que fará os agendamentos de consultas no Ambulatório Central, no campus da Universidade de Caxias do Sul (UCS). No ambulatório, o paciente passará por consulta de triagem com a equipe médica para avaliar os critérios de inclusão ao Serviço de Obesidade Mórbida. Uma vez confirmado o preenchimento dos critérios que indicam a necessidade da cirurgia, o paciente passará por atendimento para receber uma avaliação pré-operatória com clínico-geral, cardiologista, pneumologista e endocrinologista, além de atendimento de psicóloga, nutricionista e assistente social.

O paciente e familiar ainda passarão por atendimento em grupo para o esclarecimento quanto aos cuidados pré e pós-procedimento. Todo o processo tem o objetivo de promover a segurança, a qualidade e a eficácia do procedimento.

Após a cirurgia, o paciente continuará recebendo acompanhamento da equipe do ambulatório, com trabalho individual e em grupo, por 24 meses, visando a eficácia do procedimento. Depois disso, analisa-se a necessidade de avaliação de outras especialidades, como a cirurgia plástica.

A porta de entrada para obesos mórbidos que necessitam de atendimento é a unidade básica de saúde (UBS).

Atualmente, há cinco estabelecimentos de saúde que já realizam o procedimento pelo SUS no Estado – os hospitais Conceição, Clínicas e da PUC, em Porto Alegre, o Universitário, de Canoas, e o Santo Ângelo, na cidade de mesmo nome, nas Missões.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comJovem morre após capotamento no Viaduto do Torto, em Caxias https://t.co/DPWMiEYRUz #pioneirohá 46 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comFrio e Festival de Cinema mantêm ocupação acima de 90% nos hotéis de Gramado https://t.co/8KRijHC6DM #pioneirohá 1 horaRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros