Com perdas na agricultura, preços de hortaliças deverão subir em Caxias - Geral - Pioneiro

Prejuízos14/06/2017 | 14h48Atualizada em 14/06/2017 | 14h54

Com perdas na agricultura, preços de hortaliças deverão subir em Caxias

Partes mais baixas no Vale do Caí foram as mais afetadas

As lavouras mais atingidas pelo excesso de chuva em Caxias do Sul ficam nas partes baixas do município, junto ao Vale do Caí. Segundo o técnico da Emater de Caxias, Juarez Boniatti, em algumas lavouras as perdas chegaram a até 80%. Com a umidade excessiva, as folhas que ficam em contato com o solo apodrecem e a venda fica inviável. Entre as culturas mais atingidas, estão a alface e a chicória. As informações são da Gaúcha Serra

Leia mais: 
São Francisco de Paula inicia obra em escola com verba do Legislativo
Família manteve esquema de tráfico de suspeito preso em Caxias do Sul no ano passado
Confira o que abre e o que fecha na Serra no feriado de Corpus Christi

A recuperação das lavouras dessas variedades pode levar até 60 dias porque esse é o tempo entre o plantio e a colheita. Os outros cultivos da região têm ciclo ainda maior. Conforme levantamento divulgado pela prefeitura de Caxias, 600 toneladas de cenoura foram perdidas no município. O ciclo da cenoura chega a até 120 dias no inverno.

Boniatti estima que os preços das hortaliças podem passar de 50% de aumento na semana que vem, quando os produtos já deverão chegar mais caros ao consumidor. Caxias do Sul é o município que mais fornece hortaliças na Ceasa em Porto Alegre.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comHospital Virvi Ramos, em Caxias, recebe vistoria do Ministério Público do Trabalho https://t.co/X82uXkzhGY #pioneirohá 6 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comGuerra, de Caxias, recebe sondagem para venda de unidades fabris https://t.co/UPCxwhpt9M #pioneirohá 1 horaRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros