Memória: festival de Balonismo no turismo de Torres - Geral - Pioneiro

Turismo13/04/2017 | 10h00Atualizada em 13/04/2017 | 10h53

Memória: festival de Balonismo no turismo de Torres

O evento traz o colorido e a fascinação de apreciar os gigantes balões

Memória: festival de Balonismo no turismo de Torres Gelson Aimi/Agencia RBS
Foto: Gelson Aimi / Agencia RBS

A cidade de Torres, reconhecida pelas belezas naturais de seu litoral, possui também o título de capital do balonismo. Entre os dias 28 de abril a 1º de maio, realiza-se a 29ª edição do Festival de Balonismo.

O evento muda a fisionomia do ambiente, trazendo o colorido e a fascinação de apreciar os gigantes balões, equipamentos resistentes ao tempo e que no passado ajudaram o homem a descobrir os mistérios de voar e desenvolver os primeiros aviões.

Neste ano, entre as atrações da programação, destacam-se a escolha da rainha do balonismo. Concurso da melhor vitrina e shows musicais. Restrito à atividade de balonismo, o público pode apreciar os voos com decolagem no parque e acompanhá-los em vários pontos da praia. Um espetáculo de forte impacto visual e que merece ser apreciado, são os balões iluminados pela chama à noite. A forte luz em contraste com o escuridão da pista resulta num impacto visual encantador para os fotógrafos. O efeito é resultado das chamas propagadas pelo combustor de propulsão, que infla a estrutura do envelope, confeccionado em tecidos translúcidos.

Veranistas caxienses, muitos ligados ao motociclismo, carros antigos, surf, jipeiros e pescadores amadores aproveitam a programação do Festival para se divertir e aproveitar o clima ameno de outono. O fotógrafo Gelson Aimi possui boas lembranças dos primeiros festivais de balonismo. Entre as imagens, destaca-se uma composição em que vários balões se duplicaram no reflexo com a água da Lagoa do Violão, na edição de 2007. 

Leia também
Outros verões... Torres em 1954, Areias Brancas em 1964
Fotos antigas de Torres pela colaboração dos leitores

 Torres Colorida

Estética dos balões coloridos decora placas em ruas em Torres Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

O Balonismo contagiou o turismo de Torres. A cidade possui uma identificação muito forte com a simbologia dos equipamentos que deram origem a aviação. Nas ruas, as placas que denominam as ruas possuem os belos desenhos de balões. Taxistas, comerciantes e profissionais liberais usam em seus cartões de visita imagens dos balões voando. Na foto, percebe-se uma placa com a denominação de rua Caxias do Sul, nas imediações da Praia da Cal. 

Balonismo na história de Torres

A história do balonismo pode ser apreciada no museu de Torres. Foto: Gelson Aimi / Divulgação

No Hotel Farol, a recepção oferece espaço para divulgar o atrativo turístico. Alguns veranistas e turistas que desfrutam as férias de verão, aproveitam, a ocasião para fazer reservas no período de balonismo.

Antonio Pozzi, administrador do Farol Hotel, mostra-se satisfeito com a repercussão cultural que o balonismo proporciona à cidade. Uma data fixa permitiu o ramo hoteleiro se organizar com planejamento. E a temperatura agradável do outono, combinado com a brisa amena colabora com o êxito dos voos. O primeiro Festival realizou-se em 1989.

O museu, coordenado pelo historiador Alexandre C. Rodrigues, preserva uma coleção de cartazes, troféus e peças referentes da modalidade esportiva. Na foto, percebe-se uma informação publicitária da edição de março de 1991.

Confira outras publicações da coluna Memória

Leia antigos conteúdos do blog Memória



 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comhttps://t.co/5iSXGifQnN #pioneirohá 9 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comReformada com ajuda da comunidade, escola de Forqueta será entregue para os alunos https://t.co/srVzBIDQQb #pioneirohá 14 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros