Câmara de Bento aprova mudança de desenho que representa idosos em placas - Geral - Pioneiro

Projeto de Lei11/04/2017 | 13h31Atualizada em 11/04/2017 | 14h58

Câmara de Bento aprova mudança de desenho que representa idosos em placas

Se a aprovação for confirmada, a mudança terá de passar por regulamentação da prefeitura

Câmara de Bento aprova mudança de desenho que representa idosos em placas Reprodução/Gaúcha Serra
Foto: Reprodução / Gaúcha Serra
Rádio Gaúcha
Rádio Gaúcha

Os vereadores de Bento Gonçalves aprovaram, em primeira votação, a alteração do pictograma (desenho) de placas que identificam áreas ou serviços para idosos em repartições públicas do município. Na segunda-feira, o único voto contrário foi do vereador Moacir Camerini (PDT). Agora, o texto será votado em segundo turno. A expectativa é que a proposta esteja na pauta da próxima sessão, no dia 17. Se a aprovação for confirmada, a mudança terá de passar por regulamentação da prefeitura. A administração municipal ainda não tem uma estimativa de quanto custaria a alteração das imagens. A proposta é que o desenho de uma pessoa curvada e utilizando bengala seja substituída por outra que mostra a pessoa com as costas eretas junto com a inscrição "60+".  As informações são da Gaúcha Serra

Leia mais: 
Iotti: vereador propõe mudar placas de identificação preferencial em Bento 
Projeto de lei propõe mudanças em placas de identificação preferencial a idosos em Bento Gonçalves 

O vereador Eduardo Verissimo (PP), autor do projeto, diz que é constrangedor aos idosos encontrar placas que demonstrem incapacidade. Segundo ele, a imagem atual não retrata a população idosa contemporânea que é mais ativa.  Conforme o vereador, o novo desenho foi escolhido por uma campanha nacional na internet com mais de 1,5 mil propostas de imagens. O presidente da Associação dos Aposentados de Bento Gonçalves, Carlos Perizzolo, disse na segunda-feira, em entrevista ao Gaúcha Repórter na Gaúcha Serra, que concorda que existe gcerto constrangimento provocado pela imagem atual.

O projeto prevê que todas as placas e inscrições de espaços públicos sejam substituídos. Em caso de descumprimento, o texto sugere advertência e multa de, no mínimo, 50 Unidades de Referência Municipal (URM), que corresponde a R$ 6.014.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comLiminar garante que R$ 69 milhões sequestrados das contas de Caxias não irá para precatórios https://t.co/7G8UF8aRTO #pioneirohá 3 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comHomem é atropelado ao tentar cruzar a BR-116, em Caxias do Sul https://t.co/KVN1xaGViL #pioneirohá 4 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros