Prefeito diz que chuva agrava a situação em São Francisco de Paula e que seriam 12 os desaparecidos - Geral - Pioneiro

Calamidade12/03/2017 | 14h27Atualizada em 12/03/2017 | 14h59

Prefeito diz que chuva agrava a situação em São Francisco de Paula e que seriam 12 os desaparecidos

Marcos André Aguzzoli acredita que a cidade tenha sido atingida por um tornado

Prefeito diz que chuva agrava a situação em São Francisco de Paula e que seriam 12 os desaparecidos Divulgação/
A cidade ficou sem energia elétrica e muitos postes e transformadores estão no chão Foto: Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A chuva deste início da tarde de domingo agrava a situação já dramática de São Francisco de Paula. O prefeito Marcos André Aguzzoli acredita que a cidade tenha sido atingida por um tornado no começo da manhã, que destruiu cinco bairros da cidade.

— Durou um minuto e meio, dois minutos. Muito vento, chuva e barulho. Ainda é difícil falar no número de famílias atingidas, de desabrigados, porque a área é bem povoada. Muita gente ficou só com os móveis, a casa não existe mais. Casas de material, de gente de classe média alta não existem mais. Estamos precisando de lona para tapar os móveis que sobraram — disse Aguzolli ao Pioneiro.

Leia mais
Mais de 70 feridos chegam ao Hospital de São Francisco de Paula
Após temporal, rodovias da Serra têm pontos de bloqueios parciais
Cinco bairros de São Francisco de Paula foram destruídos pelo temporal

A cidade está sem energia elétrica. Muitos postes e transformadores estão no chão. Também não há fornecimento de água e a equipe da Corsan ainda chegou ao município, informou o prefeito. A Defesa Civil do Estado e da União foram acionados.

Doze pessoas estão sendo procuradas. E os desabrigados estão sendo atendidos no ginásio municipal. As maiores necessidades da cidade neste momento são colchão e lonas. Depois, também serão necessários materiais de construção de todo tipo, para a reconstrução das casas.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros