A Catedral de Pedra de Canela - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória24/02/2017 | 09h52Atualizada em 24/02/2017 | 09h55

A Catedral de Pedra de Canela

A Paróquia Nossa Senhora de Lourdes completa 80 anos em 2017

Considerada uma das sete maravilhas do Brasil, localizada em Canela, a Catedral Nossa Senhora de Lourdes, mais conhecida como Catedral de Pedra é símbolo de fé e religiosidade na cidade. A paróquia foi fundada no dia 30 de dezembro de 1937, completando, neste ano, 80 anos de história.

O revestimento da torre da Catedral de Pedra ocorreu em dezembro de 1974 Foto: Acervo Pe. Osmar Possamai / Reprodução livro PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE LOURDES 75 ANOS,Divulgação

Foco de grande procura pelos turistas, dona de uma torre de 65 metros de altura e com capacidade para 2 mil pessoas, a Catedral possui 12 sinos, fabricados na Itália, chamados de "Carrilhão da Independência". A igreja marca a cidade como um dos pontos turísticos mais fotografados de toda a Serra Gaúcha.

O templo religioso é caracterizado por seu estilo inglês e assume, em conjunto com sua iluminação noturna, a posse dos olhares deslumbrados de moradores e turistas durante todo o ano. O espaço ainda reflete, em sua grandiosidade, a importância de seu quase um século de existência.

Acima, um registro de 1974 durante o revestimento da torre. 

 * Com a colaboração de Pedro Oliveira, pesquisador e morador de Canela.

Catedral Diocesana: um campanário e um século de histórias

Giovanni Argenta e os primórdios da Catedral

 A construção da Catedral

Catedral de Pedra atrai turistas durante todo o ano. A Igreja foi considerada uma das sete maravilhas do Brasil. Foto: Ricardo Varela / Divulgação

A Catedral de Pedra teve sua primeira pedra fundamental colocada no dia 1º de fevereiro de 1953, pelo arquiteto Bernardo Sartori. Anteriormente, ocupava seu espaço a primeira Igreja Matriz de Canela, homenagem à Beata Luiza de Marillac. Esta foi então derrubada, dando espaço à igreja atual.

A construção deve-se, principalmente, ao incentivo e determinação do cônego João Marchesi — pároco da Igreja de 1945 a 1977 — que morreu há 40 anos e sepultado no interior da Catedral.

 O altar da Catedral de Pedra possui diversas obras de arte de grande valor histórico, como os vitrais que relatam a Ladainha de Nossa Senhora e os brasões dos quatro evangelistas: Marcos, Mateus, João e Lucas. Há também outros três painéis pintados pelo escultor e pintor gaúcho Marciano Schmitz. Esses quadros descrevem a aparição de Nossa Senhora, a Anunciação, e a Alegoria dos Anjos.

Em seu altar, vê-se ainda, um quadro da Santa Ceia, em alto relevo que foi esculpido especialmente para a Catedral. 

Celebração

No último dia 11, foi comemorado o aniversário das aparições de Nossa Senhora de Lourdes.

 Confira outras publicações da coluna Memória

Leia antigos conteúdos do blog Memória

 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros