A presença de Cuca no Estádio Alfredo Jaconi - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Memória05/12/2016 | 11h28Atualizada em 05/12/2016 | 11h28

A presença de Cuca no Estádio Alfredo Jaconi

Foi no Esporte Clube Juventude que o técnico do Palmeiras desenvolveu uma promissora trajetória no futebol

A presença de Cuca no Estádio Alfredo Jaconi Vasco Rech/Agencia RBS
Equipe do Juventude que disputou o Gauchão de 1986 Foto: Vasco Rech / Agencia RBS

A rodada entre Palmeiras e Chapecoense, que apontou o vencedor do título do campeonato brasileiro de 2016, teve uma expressiva expectativa dos caxienses. O técnico Cuca, do Palmeiras, estabeleceu fortes amizades no estádio Alfredo Jaconi. Foi no Esporte Clube Juventude que Cuca (Alex Stival) desenvolveu uma promissora trajetória no futebol. Vindo de Santa Cruz do Sul (RS), o paranaense de 21 anos foi contratado em maio de 1985, na presidência de Luis Carlos Festugatto. Sua primeira partida foi diante do Pelotas. O atleta se destacava pela versatilidade em jogar no meio de campo ou como centroavante. Na foto acima, registrada em 23 de maio de 1986 (campeonato gaúcho), percebe-se a equipe do Juventude formada por jogadores, dirigentes e comissão técnica. Cuca está sentado à frente, segundo da direita para esquerda.

Leia mais
Futebol amador caxiense em 1977
Os 65 anos do Torino Futebol Clube
Supremacia da ACBF no futsal brasileiro

Cuca renovou contrato com o Ju em 25 de junho de 1986   Foto: Vasco rech / Agencia RBS

Contrato renovado em 1986 

Os dirigentes juventudistas tiveram sensibilidade em perceber o talento de Cuca. Já no primeiro ano de sua atividade, Cuca recebeu reconhecimento de sua liderança. Em 25 de junho de 1986, Cuca renovou seu contrato. O ato foi acompanhado pelos dirigentes Gilson Tonet, Sérgio Tomazoni, Olegário Zago e Antonio Ferro. Em julho de 1987, Cuca deixou o Alfredo Jaconi. A contratação pelo Grêmio porto-alegrense impulsionou o jogador para um novo ciclo de sua carreira. Cuca foi o autor do gol que deu ao Grêmio o primeiro título da Copa do Brasil em 1989. Além disso, atuou nos clubes Valladolid (Espanha), Internacional (RS), Palmeiras, Santos, Portuguesa, Remo, Chapecoense e Coritiba. Em 1995, Cuca teve uma breve passagem pelo Juventude.

Cuca com o técnico Levir Culpi em 17 de junho de 1985  Foto: Luis Carlos Leite / Agencia RBS

Cuca treinador 

Levir Culpi foi o primeiro treinador de Cuca no Juventude (17/6/1985). Ambos possuem uma trajetória respeitável no futebol brasileiro como técnicos. Cuca começou a treinar clubes em 1998. A primeira experiência foi com o Uberlândia (MG). A partir daí, Cuca atuaria em mais 24 equipes. Seu trabalho evidenciou-se com o Goiás. Outro grande momento foi a conquista da Libertadores com o Atlético Mineiro, em 2013. Neste ano, o Palmeiras de Cuca trilhou uma caminhada ascendente e equilibrada no topo do Campeonato Brasileiro.

No registro, Cuca (à direita) realiza seu primeiros treinamentos Foto: Luis carlos Leite / Agencia RBS

Os primeiros treinamentos 

A presença de Cuca no estádio Alfredo Jaconi engrandece a história do Esporte Clube Juventude. Junto com Luis Felipe Scolari, Geninho, Tite, Levir Culpi, Valmir Louruz e Leão, integra as personalidades esportivas que comandaram o Juventude e que triunfaram em conquistas na elite do futebol brasileiro. Na imagem acima, percebe-se Cuca (D) durante sua fase de preparação e ambientação na equipe esmeraldina, em junho de 1985.

Confira outras publicações da coluna Memória

Leia antigos conteúdos do blog Memória

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros