Polícia Civil confirma que atropelamento no Cinquentenário, em Caxias, foi intencional - Geral - Pioneiro

114 assassinatos17/10/2016 | 16h50Atualizada em 17/10/2016 | 16h50

Polícia Civil confirma que atropelamento no Cinquentenário, em Caxias, foi intencional

Jaison Duarte Pereira foi vítima de homicídio na madrugada de 9 de outubro

Imagens de câmeras de segurança comprovam que o atropelamento de Jaison Duarte Pereira, 23 anos, em Caxias do Sul, foi proposital. Em razão de denúncias, o caso já era investigado como homicídio pela Polícia Civil. Na manhã de quinta-feira, o veículo utilizado no crime, um Corsa Wagon branco, foi apreendido no bairro Santa Fé.

Contador da violência

O automóvel estava em uma chapeação. De acordo com o delegado Rodrigo Kegler Duarte, da Delegacia de Homicídios e Desaparecidos (DHD), os danos encontrados no automóvel confirmam que este é o utilizado no crime.

— O proprietário está identificado. Ainda precisamos realizar algumas diligências para esclarecer os fatos, porém as imagens deixam claro que se trata de um homicídio doloso — aponta.

Leia mais
Polícia Civil investiga atropelamento em Caxias como caso de homicídio
Duplo homicídio eleva para oito o número de mortes no fim de semana em Caxias
Jovem morto em Bento Gonçalves havia sido vítima de tentativa de homicídio em julho

Pereira foi encontrado morto na Rua Inspetor Waldemar Fich Arruda, por volta das 6h. Minutos antes de atender o chamado, a Brigada Militar teria recebido algumas ligações sobre uma briga em uma boate das proximidades. A ligação entre os dois fatos não é descartada.

Com a confirmação do caso de homicídio, a cidade já registra 114 assassinatos em 2016. Em todo o ano passado, foram 115. O ano mais violento da história de Caxias do Sul é 2012, com 134 vítimas.

ANOS MAIS VIOLENTOS
:: 2012 = 134
:: 2010 = 125
:: 2006 = 120
:: 2015 =115
:: 2016 =114 (até 17 de outubro)

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros