Os 60 anos da Escola Presidente Castelo Branco - Geral - Pioneiro

Memória11/10/2016 | 06h31Atualizada em 11/10/2016 | 06h31

Os 60 anos da Escola Presidente Castelo Branco

Instituição celebra aniversário com homenagem na Câmara de Vereadores, neste terça

Os 60 anos da Escola Presidente Castelo Branco Arquivo Escola Presidente Castelo Branco/Divulgação
Após doze anos de função, em 1968 a escola mudou de nome, passando a chamar-se Escola Municipal Dante Marcucci  Foto: Arquivo Escola Presidente Castelo Branco / Divulgação

Fundada em 1956, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente Castelo Branco, situada no bairro Nossa Senhora de Fátima, comemora 60 anos voltados à educação caxiense. Para marcar o feito, o colégio será homenageado hoje, às 19h30min, na Câmara de Vereadores. 

Construída inicialmente na Rua José Dalabilia, há aproximadamente 200 metros do prédio atual, a instituição surgiu como Escola Isolada Municipal Nossa Senhora de Fátima. Inaugurado pelo então prefeito Ruben Bento Alves, gestor do município entre 1956 e 1959 , o educandário tinha como professor responsável Reinaldo Bolson. Já em 1966, a professora Anna Fávero Susin foi empossada como primeira diretora.

Após doze anos de função, a escola mudou de nome, passando a chamar-se Escola Municipal Dante Marcucci e atendendo de 1ª a 4ª séries, nos turnos da manhã e da tarde. Em 1969, sob a direção da professora Lúcia Maria Girondi Melara, passou a funcionar nos três turnos. 

Devido a demanda de alunos, em 1974, ocorreu a inauguração do novo prédio, em um terreno cedido pela Sociedade de Educação e Caridade das Irmãs do Imaculado Coração de Maria/Madre Imilda, na Avenida Dr. Renato Del Mese, onde permanece até hoje. No mesmo ano também foi criada a biblioteca Erico Veríssimo. 

Em 1975, passou a chamar-se Grupo Escolar Presidente Castelo Branco e, em 1978, sob a direção da professora Zeli Bento, foi criada a primeira Classe de Educação Especial. Com o crescimento do bairro, em 1982, uma ampliação se fez necessária para atender aos alunos de 1ª a 8ª séries. O Clube de Ciências Freitas Mourão passou a ter existência em 1989, com o objetivo de desenvolver habilidades científicas nos alunos. Na imagem abaixo, a inauguração do prédio atual da escola, em 1974.

Leia mais
Escola de Belas Artes de Caxias do Sul em 1958
Dia do Professor: o jubileu de ouro das formandas da Escola Normal em 1965
Formandas da Escola Normal Duque de Caxias em 1957
Escola Clemente Pinto em 1967

Presentes na inauguração do prédio autal da escola, o prefeito Mario Bernardino Ramos, o vice em exercício Mario David Vanin, a secretária de Educação, Santina Barp Amorim, e a diretora Nilva Stenzel (discursando) Foto: Arquivo Escola Presidente Castelo Branco / Divulgação

A troca do nome

Como já existia em Caxias do Sul um Grupo Escolar estadual de nome Dante Marcucci, não havia necessidade de uma escola municipal levar a mesma denominação. Sendo assim, o Executivo Municipal remodelou o educandário, que a partir de 1975 passou a chamar-se Presidente Castelo Branco, em homenagem ao ex-presidente Humberto de Alencar Castelo Branco.

A escola hoje

Atualmente sob a direção da professora Adelis Fátima Simioni, a escola atende a cerca de 900 estudantes, distribuídos entre a Educação Infantil, Ensino Fundamental regular e a modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Ao todo, o grupo é formado por 75 professores e quatro funcionários. 

Grupo de alunos no Clube de Ciências Freitas Mourão, inaugurado em 1989 Foto: Arquivo Escola Presidente Castelo Branco / Divulgação

Informações desta coluna são uma colaboração da professora Rosangela M. Baratieri, com adaptação da pesquisa realizada pela ex-diretora Solange de Moraes Guerra. 

Confira outras publicações da coluna Memória

Leia antigos conteúdos do blog Memória


 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comJuventude Futsal vai disputar a Liga Nacional de 2017 https://t.co/95xyGkxJGH #pioneirohá 10 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comFicar apenas no aeroporto revela falta de sensibilidade de Michel Temer https://t.co/nc5yEaSGn3 #pioneirohá 10 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros