Getúlio Vargas visita a família Facchin em 1950 - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória29/08/2016 | 10h11Atualizada em 29/08/2016 | 10h56

Getúlio Vargas visita a família Facchin em 1950

Político passou pela propriedade do viticultor Romano Facchin, em São Marcos da Linha Feijó, na época em que concorria à presidência da República 

Getúlio Vargas visita a família Facchin em 1950 Clemente Tomazoni/Agencia RBS
Em 1950: Getúlio Vargas e a família do casal Romano Facchin e Olinda Mantese Facchin, em São Marcos da Linha Feijó. Foto: Clemente Tomazoni / Agencia RBS

A trajetória de Getúlio Vargas (1882-1954) está associada à intensa mudança política do Brasil. Governador do Rio Grande do Sul, líder da revolução de 1930 e presidente do Brasil, o gaúcho Getúlio Vargas implantou uma nova mentalidade jurídica na educação, indústria e trabalho. 

Sua primeira passagem por Caxias do Sul remonta à época em que governava o Estado, em 1928. Naquela ocasião, visitou vinícolas, o Moinho Germani e o Lanifício São Pedro. Certificado do potencial econômico caxiense, decidiu que a Estrada Federal passaria pelo município, em 1940.

 Em outubro de 1950, quando estava concorrendo à presidência da República, Getúlio Vargas viveu um de seus raros momentos de tranquilidade no sítio de Romano Facchin, em São Marcos da Linha Feijó. Na foto acima, o político está sentado com o casal Olinda Mantese e Romano Facchin.

No colo de Getúlio, percebe-se a garota Niceli Fedrizzi, que hoje reside nos Estados Unidos. Elda, Dilva, Ilda, Zeno, Nelson, Eduardo Manteze, o governador Ernesto Dornelles (em pé), Neuza, Vilma e os meninos Gelson e Joecir ( à frente) compõem a imagem, que associa a família Facchin à história de Getúlio Vargas. 

Leia mais:
Família de Batista Giovanni Facchin em 1918
Caxias recebe Getúlio Vargas em 1928
Os relatos dos caxienses que encontraram Getúlio Vargas

Nelson Facchim, filho de Romano Facchin, guarda as fotos e as memórias da visita de Vargas à família em 1950 Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Getúlio Vargas e Romano Facchin durante a visita a Caxias em 1950. Foto: Clemente Tomazoni / Agencia RBS
Getúlio Vargas, entre o prefeito Luciano Corsetti, o viticultor Romano Facchin, o governador Ernesto Dornelles e correligionários do Partido Trabalhista Brasileiro Foto: Clemente Tomazoni / Agencia RBS

Memórias de Nelson Facchin

Nelson Facchin, 83 anos, filho de Romano Facchin, foi um personagem que esteve presente na visita de Getúlio Vargas à sua casa. Nelson recorda que naquela época servia o quartel. Getúlio Vargas recebeu afagos de todos os seus familiares e almoçou.

Percebia-se que o político gostava da simplicidade rural. Ao final da tarde, após se despedir, acabou esquecendo um charuto e o chapéu. Nelson salienta que este detalhe marcou sua memória, porém os objetos acabaram se perdendo no tempo. 

Getúlio Vargas, entre o prefeito Luciano Corsetti e o viticultor Romano Facchin, em São Marcos da Linha Feijó Foto: Clemente Tomazoni / Agencia RBS

Bate-papo com lideranças

No flagrante acima, percebe-se o prefeito Luciano Corsetti, Vargas e Romano Facchin. Vargas viria novamente a Caxias do Sul na Festa da Uva de 1954. Ele inaugurou o Monumento Nacional ao imigrante e o pavilhão da Feira industrial, atual Centro Administrativo.

Leia mais:
Presidente Eurico Gaspar Dutra visita a Festa da Uva de 1950
Festa da Uva de 1954: lembranças escritas à mão
A festa interminável de 1954

Petebistas e familiares de Romano Facchin posam na propriedade rural de São Marcos da Linha Feijó Foto: Clemente Tomazoni / Agencia RBS

Vargas e correligionários

Na propriedade, Romano Facchin cultivava uvas, cujas variedades foram premiadas em diversas edições da Festa da Uva. Romano era também inspetor de estradas. Sua afinidade com políticos propiciou a visita de Getúlio Vargas, fundador do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

Na foto acima, percebe-se os petebistas e familiares de Romano Facchin posando com Vargas. Entre a comitiva que participou na campanha eleitoral, destacaram-se o prefeito Luciano Corsetti e o vereador Ruben Bento Alves. 

Vargas, o então vereador Rubem Bento Alves (à esquerda) e Romano Facchin (à direita) durante a visita a São Marcos da Linha Feijó em 1950. Foto: Clemente Tomazoni / Agencia RBS
Um almoço em 1950: Romano Facchin,  Luciano Corsetti e Getúlio Vargas durante a visita à propriedade da família Facchin em São Marcos da Linha Feijó. Foto: Clemente Tomazoni / Agencia RBS
 Getúlio Vargas em visita à família do empresário Romano Facchin (à direita de Getúlio, com terno escuro), no interior de Caxias do Sul, em 1950. Nelson Facchin (filho de Romano) é o segundo à esquerda. Marcelino Rossato, um dos vizinhos da família, é o segundo à direita, com o chapéu na mão) Foto: Studio Tomazoni Caxias,coleção de Dirceu e Marta Rossato / Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami,divulgação

Confira outras publicações da coluna Memória

Acesse antigos conteúdos do blog Memória

* Este post reproduz o conteúdo da matéria publicada originalmente em 15 de agosto de 2014 pelo repórter fotográfico Roni Rigon.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros