Carnaval de Caxias do Sul gera oportunidades de trabalho - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Preparativos para a folia30/01/2016 | 06h05

Carnaval de Caxias do Sul gera oportunidades de trabalho

Cerca de 100 pessoas são contratadas temporariamente pelas escolas de samba para suprir as demandas de confecção de fantasias e carros alegóricos

Carnaval de Caxias do Sul gera oportunidades de trabalho Porthus Junior/Agencia RBS
Escola Incríveis do Ritmo contratou costureiros e agora ajusta os últimos detalhes das fantasias Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Neste ano, o Carnaval de Rua de Caxias do Sul cumpre uma importante função além de levar alegria, beleza e a essência das comunidades para a Rua Plácido de Castro. Com a crise castigando as empresas e o cenário econômico da cidade complicando a vida de quem procura trabalho, muitas desempregados encontraram oportunidades de renda com a chegada dos dias de folia, programada para ocorrer no próximo final de semana.

A estimativa é de que cerca de 100 pessoas estão trabalhando temporariamente nos preparativos para o desfile, somente nas seis escolas do Grupo Especial, segundo o presidente da Associação de Entidades Recreativas, Esportivas, Culturais e Carnavalescas de Caxias do Sul e Região Nordeste do Rio Grande do Sul (Assencar), Elvino Santos.

Confira as últimas matérias do Pioneiro

— Desde o ano passado tivemos um aumento muito grande de pessoas participando do carnaval, tanto nas escolas quanto na avenida, então a estrutura é maior e, consequentemente, os profissionais contratados também. O carnaval consegue abranger cerca de 28 profissões, pois é preciso contratar compositor, carnavalesco, eletricista, costureiras, carpinteiro, artista plástico, passistas, mestre-sala, porta-bandeira, músicos, mestre de bateria, estilistas, produção artística, entre muitas outras — elenca Santos.

Além dos empregos diretos gerados pelas demandas das escolas, ainda há a movimentação no comércio local e a contratação de serviços para o dia do desfile como empresas de sonorização e iluminação, entre outros. De acordo com a secretária municipal de Cultura, Rúbia Ana Mossi Frizzo, o Carnaval de Rua é uma forma de estimular a economia. Portanto, deixar de investir no evento prejudicaria muitas pessoas.

— Para fazer o carnaval nós contratamos muita gente, especialmente quando o assunto é a infraestrutura para o desfile que demanda montagem de arquibancadas, sonorização, iluminação, seguranças, gerador, contratação de jurados, plano de prevenção contra incêndios, banheiros químicos, transporte e gravação do CD do samba-enredo — pontua a secretária.

Investimento para 2016 será menor que no ano anterior

Enquanto muitos municípios do Estado cancelaram o Carnaval de Rua por falta de dinheiro, Caxias do Sul manteve a festa com recursos públicos, o que gerou críticas em redes sociais.

Para viabilizar o desfile de 2016, a prefeitura havia divulgado inicialmente um gasto de R$ 500 mil. No entanto Rúbia pretende economizar e reduzir os custos por meio de parcerias e negociação com fornecedores.

—É preciso entender que esse valor não é um gasto, é um investimento que é revertido em dinheiro e faz girar a roda da economia. Para fazer o carnaval as escolas vão contratar pessoas, vão comprar no comércio local tecidos, madeira e outros materiais para confeccionar carros e fantasias. Além disso, quem vai assistir ao desfile vai gastar com transporte, vai comprar itens dos vendedores ambulantes ou vai comer em algum estabelecimento depois... então, o carnaval acaba sendo um fomentador da economia, explica a secretária.

Em 2015, o total investido no carnaval foi de pouco mais de 595 mil.  Neste ano, contando a infraestrutura que está praticamente finalizada e a premiação das escolas, o valor está em torno de R$ 388 mil. Para a premiação das escolas, valor repassado para a produção do carnaval do ano seguinte, serão destinados  R$ 318,1 mil, cerca de R$ 41,4 mil a menos do que em 2015, quando foram gastos 359,5 mil em premiações. O valor reduziu, neste ano, porque três escolas não desfilarão.

Eleni aprendeu um novo ofício e ainda vai desfilar

Eleni Rodrigues, 36 anos, sempre foi apaixonada pelo carnaval e há alguns anos frequenta os ensaios da Incríveis do Ritmo, campeã do Carnaval de Rua em 2015. O que nunca imaginou era encontrar na escola uma oportunidade de trabalho.

Desempregada desde o ano passado, quando saiu de uma empresa onde trabalhava há sete anos como telefonista, ficou muito feliz ao ser convidada para atuar como costureira na produção das fantasias da escola.

—Foi uma oportunidade de ouro. Nunca tinha costurado, no dia em que eu comecei vi uma senhora trabalhando na máquina de costura e fiquei só observando. No dia seguinte já comecei a fazer sozinha. Estou adorando — conta entusiasmada.

Eleni iniciou o trabalho no dia 4 de janeiro e deve seguir na função até o dia 9 de fevereiro, alguns dias após o desfile, quando a escola desmonta as fantasias, separa e guarda todo o material.

Além de complementar o orçamento de casa e fazer novos amigos, Eleni ainda vai poder desfilar vestindo uma das cerca de 40 fantasias que ajudou a confeccionar.

— Já conheci outras escolas e aqui me senti acolhida, agora que estou trabalhando aqui vai ser ainda mais gratificante — comemora a mulher.

Programe-se
O quê:
Carnaval de rua Caxias do Sul
Quando: Sexta-feira, 5 de fevereiro, às 22h, desfile das escolas do Grupo de Acesso. Sábado, 06 de fevereiro, às 20h30min, desfile das escolas do Grupo Especial.
Valor do ingresso: na sexta-feira o acesso é gratuito. No sábado, para acesso às arquibancadas é preciso adquirir ingresso no valor de R$ 10.
Onde comprar: no 1º andar da Casa da Cultura (Rua Dr. Montaury, 1333, Centro)
Onde: Rua Plácido de Castro, entre as ruas Pedro Tomasi e Treze de Maio, em Lourdes

Ordem dos desfiles:
Sexta-Feira (Grupo de Acesso)
22h - Tia Marta,
23h - Acadêmicos do Arsenal,
00h - Acadêmicos XV de Novembro

Sábado (Grupo Especial)
21h - Acadêmicos do Pérola Negra
22h - Acadêmicos Filhos de Jardel
23h - São Vicente
meia-noite - Mancha Verde
1h - Incríveis do Ritmo
2h - Protegidos da Princesa.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros