Moinho Progresso está em fase de restauração e exibe seu valor histórico à comunidade - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória11/01/2013 | 09h01

Moinho Progresso está em fase de restauração e exibe seu valor histórico à comunidade

Uma estrutura de pele de vidro refletivo foi construída e expõe detalhes do prédio a quem passa pela Rua Coronel Flores, em Caxias do Sul

Moinho Progresso está em fase de restauração e exibe seu valor histórico à comunidade Maicon Damasceno/
Antigo e novo hamonizam-se na parede de um dos mais belos prédios tombados de Caxias Foto: Maicon Damasceno
Vania Marta Espeiorin

vania.espeiorin@pioneiro.com

O antigo e o novo se harmonizam nas paredes de um dos belos bens imóveis tombados de Caxias do Sul. Uma estrutura com pele de vidro (foto) foi construída e faz brilhar a história do antigo Moinho Progresso, na Rua Coronel Flores, bairro São Pelegrino.

O médico veterinário Maximo Kraemer é um dos herdeiros do espaço e está melhorando o edifício, que logo será centenário.

- Em breve, o prédio chegará aos 100 anos e é necessária a restauração. A arquiteta Carla Todescato, que planejou a obra, escolheu a pele de vidro refletivo para que o moderno receba o reflexo do histórico, do antigo - esmiúça Kraemer, demonstrando preocupação com a memória da cidade.

A nova estrutura espelhada tem em seu interior uma escada que dá acesso às salas de forma independente. As modificações, conforme Kraemer, foram autorizadas pelo Conselho Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural (Compahc).

O prédio tem cerca de 400 metros quadrados. As salas que recebem as melhorias serão, depois, alugadas.

A concepção
Com influência da arquitetura industrial europeia, a estrutura do antigo Moinho Progresso foi edificada na década de 1920. Serviu ao armazenamento e moagem de milho e aveia do industrial Antonio Corsetti até a década de 1950. Sua localização e perfil remetem aos negócios gerados a partir da proximidade com a Estação Férrea.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros