Frei Jaime: um dia de cada vez - Colunas de Frei Jaime Bettega - Últimas notícias do Brasil e Mundo - Geral - Pioneiro
 
 

Opinião07/01/2019 | 06h00Atualizada em 07/01/2019 | 06h00

Frei Jaime: um dia de cada vez

Viver um dia de cada vez parece óbvio e lógico, mas nem todos compreendem e praticam essa dinâmica

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O amanhecer desta 2ª feira é portador de dinamismo e de alegria! Recomeçar é mais do que uma oportunidade, é um privilégio! Que a leveza perpasse os minutos e as horas deste novo dia e nova semana! Vamos que vamos!

"Um dia de cada vez, que é para não perder as boas surpresas da vida!" (Clarice Lispector). 

Leia mais
Frei Jaime: coisas do coração
Frei Jaime: necessários intervalos

Viver um dia de cada vez parece óbvio e lógico, mas nem todos compreendem e praticam essa dinâmica. É muito mais fácil 'residir' no ontem ou no amanhã e deixar o hoje na indiferença. A vida só é possível num único e maravilhoso tempo: o momento presente. Viver um dia de cada vez é um aprendizado que favorece um sentir profundo, envolto de gratidão. As boas surpresas da vida não conseguem alcançar aqueles que estão com pressa. De um lado para o outro, com ou sem objetividade, as energias são desperdiçadas, ao ponto de obscurecer a meta a ser alcançada.

É evidente que o mundo tem lá sua complexidade, mas nada que possa distanciar infinitamente o ideal da felicidade. Sentir-se satisfeito com o momento existencial é uma forma de acalmar aqueles ímpetos de insegurança e de agitação. A velocidade nem sempre permite que a chegada se antecipe. Ser capaz de contemplar as diferentes paisagens que compõem o cotidiano, apesar das exigentes ocupações, é um sinal de maturidade e de autonomia. A surpresa, por vezes, está escondida num sorriso inocente, num abraço carregado de afeto, num olhar intenso e bondoso. 

Uma flor que desabrocha pode surpreender e exaltar a harmonia das cores, um pedaço de pão partilhado permite que o divino se misture com o humano. São os pequenos gestos de cada dia que tornam a vida simplesmente diferenciada. Aprender a viver um dia de cada é uma tarefa que desconhece intervalos, um treino que reúne diferentes energias. A simplicidade e a humildade deveriam ser o primeiro e maior projeto de vida. A grande maioria luta arduamente para ter coisas, em detrimento de uma vida saudável. Com pouco é também possível viver bem. Que a reserva de paz e de admiração esteja sempre num nível considerável.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!    

Leia também
Férias também são momento para estimular o desenvolvimento infantil

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros