Frei Jaime: a coragem de todos os dias - Colunas de Frei Jaime Bettega - Últimas notícias do Brasil e Mundo - Geral - Pioneiro
 
 

Opinião21/01/2019 | 06h20Atualizada em 21/01/2019 | 06h20

Frei Jaime: a coragem de todos os dias

A  vida é um presente que aguarda por acolhida, mas também por muitos encaminhamentos

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O dia amanhece anunciando a chegada da segunda-feira e, consequentemente, de uma nova semana de atividades e compromissos... alguns estão de férias... faz bem tomar distância do cotidiano e olhar a vida com mais calma, sem atropelos... Que tudo possa dar certo neste novo dia! Vamos lá! 

Leia mais
Frei Jaime: as batidas do coração
Frei Jaime: intenso movimento 

"Não cabe aos outros dar coragem. Esse é o seu trabalho. A coragem só pode vir do fundo do seu ser." (Joel Osteen). 

A vida é um presente que aguarda por acolhida, mas também por muitos encaminhamentos. O ser humano é um eterno aprendiz: precisa tentar, treinar e persistir. A cada amanhecer novas oportunidades se apresentam. Saber escolher é uma questão determinante. Quem cultiva luminosidade dentro de si, tem mais facilidade para acertar o rumo e alcançar a realização. A rotina é uma invenção da acomodação. Pessoas dinâmicas estão sempre em movimento, transformam dificuldades em oportunidades. O tempo gasto com a insatisfação é roubado do tempo destinado à construção de alternativas. Coragem é uma convicção com raízes profundas, resultante da espiritualidade e do autoconhecimento. 

O medo até tem um papel importante na vida de cada um, mas ninguém deveria passar seus dias tendo receio disto ou daquilo. Não são poucos os que estão felizes, mas acabam tendo medo de perder a felicidade. Num mundo em contínuas transformações, a coragem é indispensável. Mesmo que alguns possam lhe dizer ‘coragem’, somente a própria pessoa é capaz de reunir as diferentes forças para viver corajosamente. Sim, em dias de tantas contradições, a coragem se apresenta como inspiração e determinação. Porém, não convém esquecer que pessoas corajosas também convivem com incertezas e inseguranças, mas não abrem mão de ir em frente, descartando toda tentação de desistir. O cultivo da interioridade é uma tarefa nem sempre fácil. O mundo incentiva muito a superficialidade, por isso a fragilidade se faz tão presente no cotidiano. 

É urgente resgatar a importância e o cultivo da coragem. Desde a infância, a coragem deve ocupar um significativo lugar no coração. Que a coragem continue apontando para a felicidade. Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!   

 Leia também
"Sou ávido pelo novo", diz Erasmo Carlos, que faz show em São Francisco de Paula no sábado
Ingressos para o Mississippi Delta Blues Festival já estão à venda  

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros