Frei Jaime: o lado bom da vida - Colunas de Frei Jaime Bettega - Últimas notícias do Brasil e Mundo - Geral - Pioneiro
 
 

Opinião19/12/2018 | 06h20Atualizada em 19/12/2018 | 06h20

Frei Jaime: o lado bom da vida

A cada amanhecer a vida tem diante de si um rol de muitas possibilidades

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A quarta-feira se apresenta a todos nós... é um novo dia, uma nova oportunidade de vida... que o coração possa permanecer calmo... Aos poucos tudo vai dando certo... que o Natal seja acolhido primeiramente em nosso coração... vivamos com alegria e paz! 

"Bendita seja a nossa capacidade de ver o lado bom da vida." (Luciana Castro). 

Leia mais
Frei Jaime: é de coração
Frei Jaime: um dia especial

A cada amanhecer a vida tem diante de si um rol de muitas possibilidades. Fazer escolhas é uma tarefa praticamente intrínseca: todos, de um jeito ou de outro, dia após dia, necessitam optar por um ou por outro caminho, por esta ou aquela postura. Alguns escolhem de forma dinâmica e inteligente, outros vão adiando e, lá adiante, são obrigados a amargurar as consequências. Porém, uma boa escolha depende muito de um bom olhar. A percepção tem um papel preponderante nas opções de cada dia. As pessoas que percorrem caminhos, com significativa ascensão, são aquelas que conseguem captar o lado luminoso da vida. É corriqueiro: alguns olham para a roseira e só enxergam espinhos, outros contemplam as belas rosas. 

Desenvolver a capacidade de perceber o lado positivo de cada fato ou acontecimento é uma necessidade que se impõem, num tempo de muita agitação e pouca concentração. Ser otimista é uma forma de sobreviver às enxurradas de negativismo. A insistente multiplicação e divulgação  de tragédias, não tem contribuído para a superação do mal. Tudo seria diferente se o bem tivesse o mesmo espaço que o mal, no palco das diferentes mídias. As grandes transformações decorrem, porém, dos pequenos e quase invisíveis gestos do cotidiano. 

É maravilhoso saber que há um verdadeiro exército de anônimos, letrados, analfabetos e sábios, que não abrem mão de fazer o bem. São estas pequenas e grandes pessoas que espalham a esperança, aos quatro cantos do mundo. De fato, são benditos os que desenvolvem a capacidade de perceber o melhor, de enxergar as flores, de sentir o sol, mesmo que seja um simples raio. A vida sempre terá um lado bom. Tudo é questão de ótica.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!          

Leia também
Caxiense é o primeiro gaúcho na Associação Latinoamericana de Body Piercing  
Com filme feito com smartphone, caxienses conquistam prêmio em Brasília

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros