Frei Jaime: uma pessoa apegada perde o que a vida tem de melhor para ofertar - Cotidiano - Pioneiro

Opinião11/07/2017 | 08h31Atualizada em 11/07/2017 | 08h31

Frei Jaime: uma pessoa apegada perde o que a vida tem de melhor para ofertar

Bom mesmo é viver livre, cuidado do pouco que cada um tem, sonhando unicamente com o necessário, mas tendo paz no coração

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Acolhendo com serenidade este novo amanhecer. Criando disposição em meu coração, desejando que o melhor aconteça. Não importa a quantidade de problemas, importa ter fé. Vamos lá!

"Como um castelo de areia, tudo é temporário. Construa, cuide, aproveite. E quando chegar a hora, desapegue-se." (Jack Kornfield).

Leia mais
Natalia Borges Polesso: Santa escola!
Marcos Kirst: um centauro na manga
Frei Jaime: não são poucos os sofrimentos guardados sob sete chaves

A vida é o maior de todos os presentes. A liberdade faz parte do viver. As escolhas estão sob a responsabilidade de cada um. Mas a existência traz consigo determinadas verdades. Alguns até se angustiam só em pensar na transitoriedade da vida. Quando alguém faz um castelo na areia, sabe que qualquer onda é suficiente para desfazê-lo. Não é diferente com a vida.

Estar neste mundo é uma questão de transitoriedade. Um dia será necessário deixar tudo e partir. Porém, essa certeza não deve angustiar e nem entristecer. O que importa não é a quantidade de tempo, mas a qualidade de cada momento. Viver desapegado é a melhor forma de garantir a felicidade tão necessária à vida. Uma pessoa apegada perde o que a vida tem de melhor para ofertar. O apego destoa com a espontaneidade e a simplicidade. Bom mesmo é viver livre, cuidado do pouco que cada um tem, sonhando unicamente com o necessário, mas tendo paz no coração.

As pessoas que se apegam demasiadamente acabam não vivendo de forma significativa. Sentir-se como alguém que está neste mundo de passagem é elevar e confirmar o essencial para garantir confiança e esperança. Em meio ao que deixará de existir, um dia, está a certeza de que há algo que não passa. Portanto, o investimento deve contemplar o que vai se tornar eterno. Há quem pense diferente. Mas a grandiosidade da vida permite uma dedução: a vida é por demais maravilhosa, certamente haverá algo que não passa. Viver desapegado do material para dedicar-se mais ao essencial.

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!     

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros