Frei Jaime: de tempos em tempos é importante fazer uma seleção de tudo o que é retido - Cotidiano - Pioneiro

Opinião05/07/2017 | 08h30Atualizada em 05/07/2017 | 08h30

Frei Jaime: de tempos em tempos é importante fazer uma seleção de tudo o que é retido

Por outro lado, nem tudo o que se vê é realmente o que os olhos captam

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Com o coração agradecido, abraçando com determinação este novo dia que amanhece, sentindo e desejando que tudo dê certo... Vamos em frente! Se existe fé, não há espaço para a solidão.

"Não acredite em tudo que vê. Lembre-se que até o sal tem a mesma aparência que o açúcar."

Leia mais
Frei Jaime: o que o coração consegue assimilar tem tudo para tornar-se eterno
Natalia Borges Polesso: Fragmentos
Marcos Kirst: ontem, o tecer do amanhã

Uma das qualidades do ser humano é a sua capacidade de percepção. O olhar é como se fosse uma câmara que tudo registra. Ao longo dos dias são infinitas as imagens que os olhos alcançam. Muitas ficam no esquecimento porque não se diferenciam das demais, outras são eternizadas. De tempos em tempos é importante fazer uma seleção de tudo o que é retido.

Determinadas situações e visualizações deveriam ser deletadas, pois não ajudam em nada. Por outro lado, nem tudo o que se vê é realmente o que os olhos captam. Pode ocorrer uma ilusão ótica. O sal e o açúcar têm a mesma aparência, no entanto são totalmente diversos. Em alguns momentos, um primeiro olhar pode não captar veridicamente a realidade. Os tempos são de muita aparência, a superficialidade tem ocupado extensões imensas. Não basta mais um olhar para tudo compreender.

O olhar pode se confundir, enganos podem ocorrer com naturalidade. Realmente os tempos são outros. Há tanta coisa que melhorou, a vida saiu ganhando em muitos sentidos. No entanto, é preciso ficar atento: a sinceridade nem sempre está estampada nos semblantes e muito menos no coração. Porém, ninguém deve sair empunhando a desconfiança e tão pouco o julgamento. Mas um pouco de perspicácia faz bem, pois evita desilusões e decepções. Confiar desconfiando não é uma atitude conveniente. Viver com prudência é o mais indicado, pois permite que o conhecimento em relação ao outro avance gradativamente até entrelaçar olhares e abraços, tendo por tonalidade a fraternidade.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraços!      

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros