Ter uma alma com pés valentes é uma escolha que pode render muitas realizações - Cotidiano - Pioneiro

Frei Jaime Bettega 06/03/2017 | 07h30Atualizada em 06/03/2017 | 07h30

Ter uma alma com pés valentes é uma escolha que pode render muitas realizações

A vida é feita de muitos passos

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Uma nova semana é uma dádiva... Recomeçar é uma bênção... Continuar acreditando que tudo dará certo é FÉ... Como é bom sentir a vida e não simplesmente correr, correr... Vamos lá! 

"Meu caminho é feito de uma alma com pés valentes, mesmo quando cansados arriscam mais um passo. É essa doce valentia que me trouxe até aqui." (Ana Jácomo). 

A vida é feita de muitos passos. O cansaço, por vezes, se torna visível. Mesmo assim, é possível dar mais um passo e mais outro. A doce valentia não permite que os pés desistam de avançar. Caminhar é uma ação que inspira muita simbologia. Ver alguém caminhando ou correndo é sempre animador. A vida não pode parar, num mundo que está em contínuo e acelerado movimento. É evidente que a paz interior deve ser a companheira diária. A serenidade e a autoconfiança são as aliadas, que encurtam o caminho entre a alma e os pés. Não basta apenas ter pés valentes. É imprescindível ter um sonho que embala trajetórias e provoca recomeços.

Leia mais
Francisco Michielin: professores em pé de greve
Frei Jaime: um dia depois do outro e a vida vai acontecendo
Ciro Fabres: que festa é essa

Em alguns momentos, é necessário abrir mão de uma determinada meta e acolher a novidade que se apresenta. No entanto, jamais deixar de ser sensato e coerente. Arriscar mais um passo, apesar do cansaço, é apostar numa última alternativa, aventurar outra possibilidade. O que menos a vida precisa é de comodismo. Só é possível chegar às conquistas, se a valentia tiver o doce sabor da persistência. Não se trata de desprezar o cansaço. 

Aliviar os pés, desamarrar as sandálias e refazer as energias é um direito, uma necessidade. Porém, há muita gente cansada por descansar demais. Quando falta sonho, entusiasmo e determinação, qualquer coisa serve. Viver não é um ato relativo, é o maior evento, a mais empolgante história, o mais colorido sonho. Ter uma alma com pés valentes é uma escolha que pode render muitas realizações. 

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria. Abraços! 

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

Notícias

Assine o RSS

Mais lidas

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros