Nunca diga 'desse pão não como e dessa água não bebo' - Cotidiano - Pioneiro

Frei Jaime Bettega10/10/2016 | 08h21Atualizada em 10/10/2016 | 08h22

Nunca diga 'desse pão não como e dessa água não bebo'

A linguagem não deveria ficar distante das possibilidades da vida. Palavras e atos: uma sintonia perfeita

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia!

A claridade anuncia um novo dia... desponta uma nova semana... Ânimo e muita paz para recomeçar! Os sentimentos são muitos, mas a disposição é infinita. Diferente do pensar de alguns, segunda-feira é um ótimo dia. Vamos lá!

"Nunca diga 'desse pão não como e dessa água não bebo', pois o caminho é longo e você pode sentir fome e sede."

Leia mais
Tríssia Ordovás Sartori: vivemos como imortais e desencontrados
Nivaldo Pereira: o prisma do amor
Gilmar Marcílio: enquanto isso...
Francisco Michielin: os livros em pé de guerra


A linguagem não deveria ficar distante das possibilidades da vida. Palavras e atos: uma sintonia perfeita. Bem sabemos que nem sempre é assim. Quantas promessas não cumpridas. O esvaziamento das palavras tem alcançado tempo recorde. Sem contar que muitos continuam não pensando no significado dos vocábulos que pronunciam. Algumas afirmações são desnecessárias, pois a vida é uma verdadeira surpresa. O amanhã é capaz de muitas reviravoltas.

Viver é um constante sobe e desce. Mesmo assim, apesar de tudo, é necessário, é importante manter-se sereno em meio às inseguranças do cotidiano. Algumas expressões verbais podem ser deixadas de lado. O amanhã a ninguém pertence. Os exemplos confirmam essa máxima: os que pareciam ter garantias de que estavam com tudo controlado, viram o desmoronar dos próprios castelos. A humildade é a melhor postura para não amargar uma trajetória que até tinha tudo para dar certo. Os dias não são iguais. Os dias são únicos, mas se apresentam entrelaçados.

As consequências normalmente não respingam no hoje, mas podem comprometer os outros dias que estão por vir. Bom mesmo é viver cada instante que a vida oportuniza, deixando sempre de lado o orgulho e a autossuficiência. Que a alegria seja a companheira de todas as horas. Ninguém quer ficar perto de pessoas que sempre estão alternando o humor e mascarando a transparência. A essência favorece relacionamentos que alcançam a eternidade. Não é difícil viver, nem mesmo ser feliz. O princípio da felicidade se dá na gratidão pelo pão de cada dia e pela água que sacia a sede de quem caminha rumo ao infinito.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!      


 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros