O projeto 'Amor no Cabide' iniciou nesta quarta-feira, em Caxias do Sul - Cotidiano - Pioneiro

Boa ideia02/07/2014 | 15h17

O projeto 'Amor no Cabide' iniciou nesta quarta-feira, em Caxias do Sul

As amigas Manuella Graff e Débora Bregolin espalharam cabides pela cidade para fazer as doações

O projeto 'Amor no Cabide' iniciou nesta quarta-feira, em Caxias do Sul Roni Rigon/Agencia RBS
Débora Bregolin e Manuella Graff em seu primeiro dia de ação Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Marília Serafini, especial

marilia.varela@pioneiro.com

Inspiradas em uma ação feita em Porto Alegre, as caxienses Manuella Stangherlin Graff e Débora Bregolin implantaram nesta quarta-feira em Caxias do Sul a ideia do Amor no Cabide.

A ideia é simples, todos podem participar. Cada pessoa pode doar roupas, principalmente de inverno, colocando-as em cabides já existentes distribuídos em pontos estratégicos da cidade ou adicionando um novo. O movimento conta com o bom senso de todos para que os mais necessitados se apropriem das doações.

Essas são algumas das instruções que constam nos cartazes anexados juntamente com os cabides que as meninas colocaram em quatro pontos. Os locais escolhidos para serem os primeiros a receber o projeto foram no bairro São Pelegrino, devido à grande circulação de pessoas e de moradores de rua: Avenida Júlio de Castilhos, em frente à loja Mariani; na Praça João Pessoa; na Estação Férrea, ao lado da Secretaria da Cultura; e na parada de ônibus da Praça da Bandeira, na Rua Sinimbu.

Para Manuella, está é a chance de fazer as doações chegarem mais rápido aos que necessitam.

— Em vez de nos procurarem, cada pessoa pode ir até os pontos de coleta e pendurar suas doações. Esperamos que dê certo e que possamos espalhar para outros pontos da cidade — explica a organizadora.

Manuella e Débora, que hoje são amigas, conheceram-se através do projeto. 

— A Débora participava do grupo do Facebook do Amor no Cabide. Quando eu fiquei sabendo do projeto e me dispus a implantar em Caxias, ela logo quis me ajudar e, em poucos dias, já tínhamos arrecadado várias sacolas com doações — conta Manuella.

As duas pretendem visitar uma vez por semana os pontos onde colocaram os cabides para fazer o abastecimento com agasalhos.

Quem quiser participar pode acompanhar a página do facebook: facebook.com/amornocabidepoa e fazer sua doação nos pontos espalhados pela cidade.
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros