Escolas de Educação Infantil de Nova Prata têm volta às aulas presenciais autorizada - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Pandemia19/09/2020 | 13h32Atualizada em 19/09/2020 | 13h36

Escolas de Educação Infantil de Nova Prata têm volta às aulas presenciais autorizada

Rede particular pode retornar a partir de segunda-feira; municipal depois de 1º de outubro

Escolas de Educação Infantil de Nova Prata têm volta às aulas presenciais autorizada Lucas Amorelli/Agencia RBS
Rede particular pode retornar a partir de segunda-feira; a municipal depois de 1º de outubro Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Mais um município da Serra autorizou as escolas de Educação Infantil a retomarem as atividades presenciais. A prefeitura de Nova Prata publicou, na sexta-feira (18), o decreto que permite que as instituições da rede privada voltem a partir da segunda-feira (21) e da rede municipal a partir de 1º de outubro.

Para o retorno, as escolas têm de ter o plano de contingência aprovado. Essa etapa já foi vencida por todas. No entanto, elas ainda precisam passar por uma fiscalização da Vigilância Sanitária que vai verificar se os espaços estão de fato adaptados para fornecer um alvará. Conforme a secretária da Educação, Adriana Antoniolli, nenhuma escola deve reabrir já na segunda-feira, mas a fiscalização será ágil. São quatro instituições da rede particular.

Leia mais
Com expectativa pela manutenção de bandeira laranja, mais 57 escolinhas podem reabrir em Caxias
Em primeiro dia de fiscalização, três escolas de Educação Infantil passam por vistoria em Caxias
Mais 44 escolas de Educação Infantil são liberadas para abrir em Caxias do Sul 

Na rede pública, são outras cinco escolas com cerca de 700 alunos matriculados na etapa de zero a três anos da Educação Infantil. A estimativa da Secretaria da Educação é que 45% voltem ao atendimento presencial, conforme indicou pesquisa com os pais. As crianças de quatro e cinco anos estudam em escolas municipais que também atendem o Ensino Fundamental e voltarão juntos, o que só pode ocorrer a partir do final de outubro de acordo com determinação estadual. 

— A gente só fez essa abertura porque uniu forças em questão de fiscalização. Estamos trabalhando diretamente com a Secretaria da Saúde — explica Adriana. 

As escolas poderão funcionar durante quatro horas por dia, com metade da capacidade dos alunos, distanciamento de ao menos 1,5 metros e medidas para garantir que não ocorra aglomerações. 

Leia também
Prefeitura de Gramado confirma a 10ª morte de residente de lar de idosos com surto de coronavírus
Por que o IFRS Farroupilha é uma das melhores escolas públicas do RS, segundo o Ideb 2019
Festival de Orquídeas de Caxias tem vendas e programação online

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros