Frio deve aumentar e mantém expectativa por neve na Serra - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Clima20/08/2020 | 10h34Atualizada em 20/08/2020 | 10h34

Frio deve aumentar e mantém expectativa por neve na Serra

Previsão indica que fenômeno deve ocorrer até a manhã de sexta

Frio deve aumentar e mantém expectativa por neve na Serra Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A neve deve cair mesmo somente na sexta-feira na Serra. A manhã desta quinta-feira (20) não registrou o fenômeno e sequer teve temperatura abaixo do zero, de acordo com as estações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) em medição realizada entre 3h e 4h dessa madrugada. Em São José dos Ausentes, o termômetro marcou 1,1°C. Em Vacaria, na Serra, fez 3,9°C.  

Leia mais
Serra pode ter neve e chuva congelada entre quinta-feira e sábado 

O dia será de tempo firme em boa parte das regiões. À noite, há chance de ocorrer o que se chama de mínima invertida, quando a temperatura mais baixa não é registrada na parte da manhã, como o padrão, e sim no fim do dia. É por isso que a possibilidade de neve não está descartada. A maior probabilidade é que ocorra entre essa noite e a madrugada de sexta-feira (21), mas somente nas áreas mais altas da região sul do Brasil, como as serras gaúcha e catarinense.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 19/08/2020. Previsão de queda da temperatura para amanhã (quinta-feira). Na foto, ambiental de clima na praça Dante Alighieri. (Porthus Junior/Agência RBS)<!-- NICAID(14571885) -->
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

De acordo com o meteorologista Paulo Hofacker, da Somar Meteorologia, a possibilidade de neve se deve à vinda de uma massa de ar polar mais intensa do que outras frentes frias que passaram pelo Estado durante a estação. Mas a neve só ocorre mediante uma combinação: quando há umidade no ar e a temperatura cai bruscamente. 

— Essa massa de ar polar vem fria e úmida. Como já temos umidade disponível, aumenta a possibilidade de neve ou chuva congelada — completa Hofacker.

Há, ainda, uma diferença entre neve e o que os especialistas chamam de chuva congelada:

— Para neve, a temperatura tem que estar muito abaixo do zero grau. Já para chuva congelada não precisa atingir esse temperatura, pode ser um pouco mais alta, entre 0°C e -5°C. Mas, para neve, o termômetro precisa estar abaixo dos -10°C. 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros