Homenagem a Abramo Eberle no Aeroclube em 1942 - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória11/03/2020 | 07h00Atualizada em 11/03/2020 | 07h00

Homenagem a Abramo Eberle no Aeroclube em 1942

Empresário contribuiu para a compra de um avião de treinamento e recebeu a visita de pilotos da escola de formação Varig Aero Esporte, de Porto Alegre

Homenagem a Abramo Eberle no Aeroclube em 1942 Giacomo Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação/Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação
Abramo cumprimenta o piloto Goetz Herzfeldt, da Varig Aero Esporte, após a chegada ao Aeroclube de Caxias em 26 de junho de 1942 Foto: Giacomo Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Surgido ao mesmo tempo em que a Campanha Nacional da Aviação buscava a formação de pilotos pelo Brasil, o Aeroclube de Caxias do Sul recebeu dezenas de aeronaves a partir de agosto de 1941, quando o hangar foi concluído. Além da badalação em torno da chegada do monomotor Duque de Caxias, primeiro avião a ser doado pela campanha do jornalista Assis Chateaubriand, em 24 de agosto de 1941, várias outras cerimônias marcaram a história do Aeroclube.

Chegada do avião Duque de Caxias ao Aeroclube em 1941

Uma delas foi a homenagem prestada ao industrialista Abramo Eberle em 26 de junho de 1942. Um grupo de pilotos da escola de formação Varig Aero Esporte (VAE) saiu de Porto Alegre rumo a Caxias para agradecer a doação de 40 contos de réis, feita pelo empresário, para "a compra de um avião de treinamento para a mocidade de sua nova pátria", conforme destacado pelo jornal A Época de 28 de junho de 1942. 

Toda essa festividade foi devidamente registrada pelo fotógrafo Giacomo Geremia — e compôs um dos tantos álbuns da família Eberle, posteriormente doados ao Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami. São desse álbum os registros desta página, que trazem a movimentação no Aeroclube e a a cerimônia no palacete da família (abaixo). 

Na imagem acima, Abramo aparece cumprimentando o piloto Goetz Herzfeldt. O texto original de 78 anos atrás traduziu bem aquele momento: "Não contendo o seu entusiasmo pelo espetáculo a que assistira, nem bem o piloto Goetz Herzfeldt cortara o contato do aparelho em que voara, o sr. Abramo Eberle foi ao seu encontro, felicitando-o".

A visita encerrou-se, lógico, com uma demonstração nos céus. Conforme matéria do jornal A Época de 28 de junho de 1942, "à tarde, quando decolaram para o regresso, os aviões nacionais evoluíram por sobre a cidade, fazendo arrojadas acrobacias". 

Na imagem abaixo, outro registro da chegada dos pilotos. Na sequência, o momento da partida da delegação da VAE, em que aparecem o prefeito Dante Marcucci, Abramo Eberle e o filho José Venzon Eberle, Aristides Peroni e Alceu Barbedo. À frente, ajoelhados, quatro pilotos em formação do Aeroclube. Atrás, (de branco) a jovem Ernestina Cavalcanti Vianna, primeira mulher a tirar o brevê no Aeroclube. Por fim, na terceira foto, Abramo Eberle e Clio Fiori Druck (representante dos Diários Associados) entre os pilotos Herminio Pena (E), Goetz Herzfeldt e Werner Knipling (D). Ao fundo, o monomotor "Maneca", da VAE.

Leia mais:
Um batismo no Aeroclube de Caxias em 1947
Lucia Dalle Molle, a heroína da grande explosão de 1943
O incêndio do avião Duque de Caxias em 1950 

Abramo Eberle e o grupo de pilotos no Aeroclube em 1942Foto: Giacomo Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação
Registro da partida da delegação da VAE, tendo à frente (agachados) quatro pilotos em formação no Aeroclube de CaxiasFoto: Giacomo Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação
Abramo Eberle e Clio Fiori Druck entre os pilotos Herminio Pena (E), Goetz Herzfeldt e Werner Knipling (D)Foto: Giacomo Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

 Cerimônia no palacete 

Após a chegada ao Aeroclube, aviadores, empresários e políticos da cidade compareceram ao luxuoso palacete de Abramo Eberle, na esquina da ruas Sinimbu e Borges de Medeiros, para mais uma cerimônia, eternizada na foto abaixo. 

Na imagem estão, a partir da esquerda, sentados, o prefeito Dante Marcucci, Clio Fiori Druck (representando a empresa Diários Associados, do magnata Assis Chateaubriand), Abramo Eberle, Alceu Barbedo e Adelino Sassi. Atrás, o piloto Herminio Pena, Heráclito Limeira (o "Velho Laranjeira"), Luiz Napolitano (diretor da sucursal do Diário de Notícias), o piloto Werner Knipling, Otoni Minghelli, o piloto Goetz Hersfeldt, Júlio Sassi, José Venzon Eberle, Reno Marcucci, Aristides Peroni e Ary Zatti Oliva.

Leia mais:
Festa da Uva de 1950 e uma homenagem a Adélia Eberle
Praça Vestibular Abramo Eberle em 1946
Eberle Centro: uma esquina e uma piteira  

Abramo Eberle (ao centro) e o grupo no palacete da famíliaFoto: Giacomo Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Na imprensa

Nas reproduções abaixo, a repercussão da visita no jornal A Época dos dias 28 de junho e 5 de julho de 1942.

Foto: Jornal A Epoca / reprodução
Foto: Jornal A Epoca / reprodução
Foto: Jornal A Epoca / reprodução
Foto: Jornal A Epoca / reprodução

O início 

À epoca da inauguração, em 1941, o aeroporto e o Aeroclube de Caxias do Sul localizavam-se no bairro Cinquentenário, próximo a AABB. A transferência do aeroporto para o endereço do bairro Salgado Filho deu-se em 1954, 13 anos após a fundação. Já o aeroclube e a escola de pilotos migraram definitivamente para a atual sede em 1959.

Leia mais:
O cinquentenário da Metalúrgica Abramo Eberle em 1946
Inauguração do Varejo do Eberle em 1949
Eberle: o terraço de onde se captava a cidade
Escritório do Eberle: máquina de escrever, telefone de baquelite, mata borrão e outros apetrechos mais
Varejo do Eberle: o jubileu de prata de Enio Arioli em 1968 

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória     

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros