Fábrica de Calçados Caxias, de Alcides Longhi, em 1948 - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória18/02/2020 | 07h00Atualizada em 19/02/2020 | 19h37

Fábrica de Calçados Caxias, de Alcides Longhi, em 1948

Empresa fundada em 1944 localizava-se na Rua Borges de Medeiros esquina com Hércules Galló 

Fábrica de Calçados Caxias, de Alcides Longhi, em 1948 Studio Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação/Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação
Trabalhadores no interior da Fábrica de Calçados Caxias, com dezenas de modelos prontos para a expedição, em 1948 Foto: Studio Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Assim como o Documentário Histórico do Município de Caxias do Sul,  lançado em 1950 pelo jornalista Duminiense Paranhos Antunes, o Álbum  Comemorativo do 75º Aniversário da Colonização Italiana no Rio Grande do Sul –  editado pela Revista do Globo – também elencou dezenas de empresas e estabelecimentos que contribuíram para  o desenvolvimento econômico da Serra na primeira metade do século 20.

Caxias em 1957: A Metrópole do Vinho 

Um deles foi a lendária Fábrica de Calçados Caxias, fundada em 1944 e pertencente à firma Longhi & Cia Ltda, surgida ainda em 1935 –, e que "figura em pé de igualdade com as mais reputadas congêneres do Estado", conforme o texto original de 1950. Situada na Rua Borges de Medeiros esquina com a Hércules Galló, a empresa tinha como sócio-diretor o senhor Alcides Longhi, ex-jogador e dirigente do Esporte Clube Juventude (leia mais abaixo), e destacava-se pela produção dos mais variados modelos.

Entravam aí borzeguins, botas para o Exército e calçados para colegiais, "homens, senhoras e crianças", conforme lê-se no anúncio publicado pelo jornal "O Momento" de 12 de junho de 1948 (abaixo) – que destaca ainda o recém-inaugurado varejo junto ao antigo casarão da família Pezzi, na esquina da Sinimbu com a Marquês do Herval, atual Edifício Dona Ercília. Na foto acima, datada de 1948, vê-se o interior do fábrica, com dezenas de modelos prontos para a expedição. Por fim, no detalhe a seguir, a fachada da firma em seus primórdios. 

Leia mais:
Vinícola Adega Pezzi em 1933
Adega Pezzi: uma esquina, muitas mudanças
Memórias na vertical: as curiosidades dos antigos prédios de Caxias do Sul 

A antiga fábrica, localizada na esquina das ruas Borges de Medeiros e Hércules GallóFoto: Reprodução / Agência RBS
Foto: Reprodução / Agência RBS
Foto: Reprodução / Agência RBS

Leia mais:
Conservatório Musical Rossini em 1959
Industrial Madeireira na Festa da Uva de 1965
Oscar Boz e o Apiário Zé Colmeia em 1966  

Na imprensa

O surgimento da Fábrica de Calçados Caxias rendeu diversas matérias nos antigos semanários de Caxias do Sul nos anos 1940, especialmente à época da inauguração do novo prédio próprio, em 1947, e do varejo, em fevereiro de 1948. Abaixo, algumas das reportagens veiculadas no jornal "O Momento".

Foto: Agência RBS / reprodução
Foto: Agência RBS / reprodução

A trajetória de Alcides Longhi

A trajetória de Alcides Longhi (1917-1994) confunde-se em parte com a do Esporte Clube Juventude. Além de jogador nas décadas de 1930 e 1940, foi dirigente em várias gestões, presidente e coordenador das obras de construção do Estádio Alfredo Jaconi, cujo aniversário de 45 anos de inauguração será comemorado no próximo dia 23 de março. 

Os detalhes de toda essa história, o início como sapateiro, a família e o legado deixado por seu Alcides você confere na edição desta quarta-feira.

Leia mais:
Francisco Michielin e as equipes de 1948, 1952 e 1954
Máquina de escrever, telefone de baquelite, mata-borrão e outros apetrechos mais
Inauguração do novo edifício do Banrisul em 1952

Anúncio da fábrica publicado no jornal O Momento de 7 de setembro de 1947Foto: Reprodução / Agência RBS

A publicação de 1950

A Festa da Uva de 1950 marcou o retorno do evento ao calendário festivo do Município, após o hiato de 13 anos decorrente da Segunda Guerra Mundial e das restrições do período. Foi quando uma luxuosa publicação, editada pela Revista do Globo S.A., de Porto Alegre, buscou enaltecer os 75 anos da imigração italiana na região e tudo o que fora construído desde a chegada dos primeiros colonos, em 1875. 

Fartamente ilustrado, o álbum destacou, além de empresas com a Fábrica de Calçados Caxias e a Cooperativa Vinícola Caxiense, a maquete do então futuro Monumento ao Imigrante, inaugurado por Getúlio Vargas quatro anos depois, em 28 de fevereiro de 1954.

Leia mais:
Festa da Uva de 1950: o incêndio do avião Duque de Caxias
Presidente Eurico Gaspar Dutra visita a Festa da Uva de 1950
O reinado da Festa da Uva de 1950
Casa Gaúcha, um clássico do Centro
Inauguração do Varejo do Eberle em 1949
O incêndio da Ferragem Caxiense em 1952 

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória  

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros