A origem do túnel de plátanos do Parque dos Macaquinhos - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória29/02/2020 | 07h00Atualizada em 29/02/2020 | 07h00

A origem do túnel de plátanos do Parque dos Macaquinhos

Ramos plantados nos anos 1960 eram resultantes da poda das árvores do pátio do Colégio Nossa Senhora do Carmo, onde o engenheiro agrônomo José Zugno dava aulas 

A origem do túnel de plátanos do Parque dos Macaquinhos Porthus Junior/Agencia RBS
Árvores foram plantadas a partir de galhos podados no pátio do Colégio do Carmo, nos anos 1960 Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Ele é um dos símbolos do entorno do Parque dos Macaquinhos e um patrimônio ambiental de Caxias do Sul, cenário recorrente em postagens do Facebook, Instagram e até para registros de noivos e fotos de casamento. Falamos do icônico túnel de plátanos que domina os trechos das ruas Dr. Montaury e Dom José Barea _ e cuja história é destacada na exposição Memórias do Naturalista José Zugno, em cartaz no Museu dos Capuchinhos até 17 de abril. 

Toda essa história remete ao finalzinho dos anos 1950, quando o parque ganhou o nome oficial de Getúlio Vargas e começou a receber as mais diversas espécies. Responsável pela Diretoria de Fomento Agrícola da prefeitura e pelo Horto Municipal, o engenheiro agrônomo José Zugno  (1924-2008)  já havia acompanhado o trabalho do irmão lassalista Teodoro Luiz  — paisagista contratado para projetar o então Parque das Exposições. 

Concluída a parte principal para a abertura da Festa da Uva de 1954, o entorno começou a ser trabalhado a partir de 1960, na gestão do prefeito Armando Biazus. Depois da construção das escadarias de acesso e do belvedere da Rua Os Dezoito do Forte, o parque foi "cercado" de plátanos. 

Conforme destacado no livro A Palmeira Humana - Memórias do Naturalista e Escritor José Zugno, os ramos plantados eram resultantes da poda das árvores do pátio do Colégio Nossa Senhora do Carmo, onde José Zugno dava aulas de Biologia, História Econômica do Brasil e Estatística. 

"(Os plátanos) acabaram por virar cartão-postal da cidade. Já a arborização interna foi complementada com cipestres, cedros, canelas, ipês, corticeiras, tipuanas, figueiras silvestres e diversas outras árvores nativas e exóticas", destacou o autor Ricardo Zugno, filho de José Zugno e criança na época. 

Leia mais:
José Zugno e o início da Feira do Agricultor em 1979
José Zugno: Santa Lúcia do Piaí e a exposição de produtos agrícolas de 1965
José Zugno: Caxias antiga em clima de primavera
José Zugno e o Horto Municipal nos anos 1960
Manuel Martins: o jardineiro do antigo Horto Municipal    

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 24/02/2020. Galhos de plátanos junto ao Parque Getúlio Vergas (Parque dos Macaquinhos), em Caxias, serão cortados devido à erva-de-passarinho. Secretaria do Meio Ambiente já identificou necessidade em algumas árvores, mas inspeção detalhada deve ocorrer após a queda das folhas. (Porthus Junior/Agência RBS)<!-- NICAID(14430206) -->
Túnel verde é um dos símbolos do trecho da Rua Dr. MontauryFoto: Porthus Junior / Agencia RBS

Símbolo a ser cuidado 

Guardadas as devidas proporções, o túnel de plátanos do Parque dos Macaquinhos pode ser considerado o equivalente local ao túnel verde da Rua Gonçalo de Carvalho, em Porto Alegre, conhecida informalmente como a A Rua Mais Bonita do Mundo — são quase 500 metros de calçada, onde mais de 100 árvores da espécie Tipuana estão enfileiradas. 

Daí a importância do trabalho a ser desenvolvido pela Secretaria Municipal do Meio-Ambiente e o extremo cuidado em relação ao corte de alguns galhos tomados pela erva-de-passarinho. A inspeção e as podas devem se iniciar no outono, após a queda das folhas.  

Abaixo,  o parque captado do belvedere da Rua Os Dezoito do Forte, por volta de 1960 – mesma época em que os plátanos do entorno começaram a ser plantados. Na sequência, uma vista aérea do centro da cidade por volta de 1970, onde é possível ver, ao fundo, os plátanos ainda bastante jovens, tanto na Rua Dr. Montaury quanto na Dom José Barea.

Leia mais:
Neve na escadaria do Parque dos Macaquinhos em 1965
Mirante do Parque dos Macaquinhos: um espaço a ser reocupado  
Escadaria da Rua Humberto de Campos, um clássico desde 1964 

Mirante do Parque dos Macaquinhos, na Rua Os Dezoito do Forte, no fim da Borges de Medeiros. Ao fundo, antigo pavilhão de exposições da Festa Nacional da Uva, atual prefeitura de Caxias. Parque Getúlio Vargas.<!-- NICAID(10854203) -->
O mirante da Rua Os Dezoito do Forte, as escadarias e o parque em 1960, época do plantio dos plátanosFoto: Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami,divulgação / 0
Cartão-postal de 1970, onde aparece a Praça Ruy Barbosa e vários prédios ícones do centro de Caxias.<!-- NICAID(10790028) -->
O centro e o parque (ao fundo), onde é possível ver os plátanos ainda jovens, nas ruas Dr. Montaury e Dom Jose BareaFoto: coleção particular de Romeu Rossi / divulgação
Engenheiro agrônomo José Zugno em meio aos roseirais do antigo Horto Municipal, por volta de 1965.<!-- NICAID(12464184) -->
O engenheiro agrônmo José Zugno no antigo Horto Municipal, nos anos 1960Foto: Acervo de família / divulgação
*** José Zugno - Juan ***José Zugno, engenheiro agrônomo, será homenageado durante o 1¼ Hortiserra Gaúcha, na sexta-feira 25.<!-- NICAID(1130915) -->
José Zugno em sua biblioteca em 2007Foto: Juan Barbosa / Agencia RBS

Agende-se 

O que: exposição "Memórias e Coleções do Naturalista José Zugno". A mostra apresenta à comunidade parte dos documentos, fotos e objetos do acervo de um dos maiores agrônomos da Serra Gaúcha, representativos de sua vida pessoal e de um importante período da história do município

Quando: até 17 de abril. Visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h

Onde: Museu dos Capuchinhos (Rua General Mallet, 33A, ao lado da Lefan)

Quanto: entrada franca. Agendamento para grupos pelo fone (54) 3220.9565

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 24/02/2020. Galhos de plátanos junto ao Parque Getúlio Vergas (Parque dos Macaquinhos), em Caxias, serão cortados devido à erva-de-passarinho. Secretaria do Meio Ambiente já identificou necessidade em algumas árvores, mas inspeção detalhada deve ocorrer após a queda das folhas. (Porthus Junior/Agência RBS)<!-- NICAID(14430204) -->
Túnel verde é um dos símbolos do trecho da Rua Dr. MontauryFoto: Porthus Junior / Agencia RBS
Plátanos no Parque dos Macaquinhos no inverno.<!-- NICAID(11506057) -->
O túnel pela Rua Dom José Barea,capatdo durante o invernoFoto: Ricardo Barp / Divulgação

Leia mais:
Mirante do Parque dos Macaquinhos em 1965
Parque dos Macaquinhos, ontem e hoje
Parque dos Macaquinhos no início dos anos 1970
Parque dos Macaquinhos nos anos 1960: cenário para uma novela policial
Os 60 anos do Parque dos Macaquinhos
1972: o último ano do Pavilhão da Festa da Uva  

Confira outras publicações da coluna Memória
Acesse antigos conteúdos do blog Memória 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros