Crônicas de Natal #19: "Carinho que escorre entre os cabelos " - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Especial23/12/2019 | 08h45Atualizada em 23/12/2019 | 08h45

Crônicas de Natal #19: "Carinho que escorre entre os cabelos "

O melhor presente é um xampu: o que vale é o produto em abundância para garantir um afago que falta no dia a dia de um grupo de meninos e meninas

Crônicas de Natal #19: "Carinho que escorre entre os cabelos " Arte: Luan Zuchi/Arte: Luan Zuchi
Carinho que escorre entre os cabelos Foto: Arte: Luan Zuchi / Arte: Luan Zuchi
Pioneiro
Pioneiro

Confira no Crônicas de Natal desta segunda-feira a história de José Otavio Carlomagno:

“Prezado Papai Noel, neste Natal, quero ganhar xampu e condicionador”, está escrito nos bilhetes das meninas. Nos bilhetes dos meninos, o pedido é gel para o cabelo. Luís tem oito anos. Ele mora numa casa-lar, em Caxias do Sul, com André, Eduardo, Alice, Carol, Marina, Fernanda, Radamés, Eugênio e Maikosuel. Eles formam uma escadinha em idade. Luís é o mais velho e Maikosuel é o mais novo, com dois anos de idade. 

Ouça o áudio da carta: 

O fato de ser o mais velho, tornou Luís o porta-voz do grupo. Ele se dirige à mãe-social para relatar tombos, febres, desconfortos, choros, desavenças. Todas as crianças da casa enfrentaram violência e negligência em suas famílias de origem. Foram resgatadas por assistentes sociais, com ordem do juiz da Infância e Juventude, e agora moram na casa-lar mantida por uma instituição filantrópica em conjunto com a prefeitura.

Leia mais  
Crônicas de Natal #18: "Presente é estar presente"
Crônicas de Natal #17: "O tempo da solidão"
Crônicas de Natal #16: "uma infância de poucas possibilidades"
Crônicas de Natal #15: "Cartas do Menino  Jesus"
Crônicas de Natal #14: "Ajudante de Papai Noel"
Crônicas de Natal #13: "O grandioso espetáculo"

A casa é espaçosa, bem cuidada e bem administrada. Os pequenos frequentam a creche e os maiores estão na escola pública. A comida é farta, as roupas são boas. Eles ganham muitos brinquedos no dia da criança e no Natal. Maria Luísa, mãe-social, se desdobra para atender a todas as demandas. Como ela diz, “não é fácil dar conta de organizar a casa, atender o Eugênio que procura o lápis, a Fer que quer colo, olhar o pão que assa no forno, a roupa que está na máquina, mandar a Alice ir dormir”.

Osvaldo, supervisor do programa de casas-lares, trouxe uma notícia desagradável: as crianças estão gastando muito xampu, condicionador e gel para cabelo.

“Comparado ao gasto das outras casas, aqui se gasta três vezes mais. As compras desses produtos estão suspensas enquanto se averigua a causa dos gastos exagerados.”

Luís se encarrega de avisar às outras crianças e termina a fala com “e agora, o que vamos fazer?”.  A Carol, de cinco anos, propôs: “vamos pedir ao Papai Noel”. Assim foi feito.

Maria Luísa comentou com Osvaldo sobre os pedidos inusitados ao Papai Noel e disse estranhar que as meninas pedem que ela passe xampu e condicionador várias vezes alegando terem a sensação de que o cabelo ainda não está limpo e os meninos pedem que ela passe gel de três a quatro vezes ao dia. As crianças foram reunidas para uma conversa com tia Maria Luísa e tio Osvaldo e se olhavam assustadas até que Luís falou: “tá bom, vou contar tudo. É que quando a tia Maria Luísa lava o cabelo das gurias, ou passa gel no cabelo dos guris, aquilo é para a gente um cafuné muito gostoso, então a gente aproveita porque, fora dessa hora do banho, a gente não ganha carinho de ninguém”.

O supervisor sensibilizou-se e decidiu não mais cortar a quantidade de xampu, condicionador e gel para cabelo das crianças. Esta história é verídica, apenas os nomes foram alterados.

José Otavio Carlomagno, engenheiro agrônomo

*Crônicas de Natal é um projeto assinado por Adriano Duarte, Andressa Paulino, Juliana Rech, Luan Zuchi e Manuela Balzan.

Leia também  
Crônicas de Natal #13: "O grandioso espetáculo"
Crônicas de Natal #12: "Cinco  sonhos em cinco cartas"
Crônicas de Natal #11: "A Casa do Papai Noel"
Crônicas de Natal #10: "Pela porta da frente"
Crônicas de Natal #9: "Noite encantada"
Crônicas de Natal #8: "A praça pode ser um grande salão de festas, um local mágico"
Crônicas de Natal #7: "A esperança de encontrar presentes no lugar do milho"
Crônicas de Natal #6: "Quando uma criança escreve para o Papai Noel, ela deposita um sonho"
Crônicas de Natal #5: "A força que possui um abraço"

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros