Morre, aos 91 nos, Elite Gianella Tonolli, filha de Matteo Gianella - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória03/11/2019 | 17h54Atualizada em 03/11/2019 | 19h13

Morre, aos 91 nos, Elite Gianella Tonolli, filha de Matteo Gianella

Ela estava internada no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre. Velório ocorre na Capela E do Memorial São José 

Morre, aos 91 nos, Elite Gianella Tonolli, filha de Matteo Gianella Acervo de família / divulgação/divulgação
Dona Elite tinha 91 anos e morava em Porto Alegre Foto: Acervo de família / divulgação / divulgação

Morreu na madrugada deste domingo (3), em Porto Alegre, dona Elite Gianella Tonolli, 91 anos, filha caçula do imigrante italiano Matteo Gianella e de Ermelinda Viero Gianella, pioneiros da indústria têxtil na Serra Gaúcha. Ela havia sofrido uma parada cardiorrespiratória e estava internada no Hospital Mãe de Deus, na capital. O velório ocorre na Capela E do Memorial São José, em Caxias do Sul. A cerimônia de cremação está prevista para ocorrer nesta segunda (4), às 10h, no Memorial Crematório.

Irmã mais nova de Remo e Doviglio Gianella e de dona Itália Gianella Baldisserotto, Elite Maria Gianella nasceu em 7 de setembro de 1928, época em que o Lanifício Gianella rapidamente consolidava-se como uma das empresas mais importantes do setor de fiação e tecelagem instaladas na Serra. Crescida no antigo Arrabalde de Santa Catarina, onde situavam-se a casa dos pais e os galpões da fábrica, ela acompanhou boa parte do desenvolvimento do bairro e da própria cidade, a partir dos anos 1940.

Lanifício Gianella: um século de história

Dividindo a sociedade do Lanifício Gianella com o irmão Remo, Elite mesclou a continuidade do negócio fundado pelos pais ao cotidiano em família, ao lado dos filhos e do marido, Tarcísio Tonolli, com quem casou em 16 de outubro de 1948 — por décadas, Tarcísio também atuou como representante do lanifício em vários estados do Brasil.  

Leia mais:
Imigração italiana: encontro da família Tonolli
O álbum de recordações da família Tonolli
O falecimento de Ermelinda Viero Gianella em 1969

As irmãs no início dos anos 1930Foto: Julio Calegari / Acervo de família, divulgação

As irmãs

Dona Elite morreu quatro meses depois da irmã mais velha, Itália Gianella Baldisserotto, falecida em 5 de julho último, aos 94 anos. As duas moravam juntas em Porto Alegre. Ela era viúva de Tarcísio Tonolli desde 2001 e deixa os filhos Ana Beatriz Tonolli Thomaz, Elizabeth Tonolli Panazzolo e José Carlos Tonolli, que lhe deram nove netos e três bisnetos.

Na imagem acima, as irmãs Itália e Elite posando no lendário atelier de Júlio Calegari em meados dos anos 1930. Abaixo, outros registros do álbum de família.

A primeira comunhãoFoto: Studio Geremia / Acervo de família, divulgação
A jovem Elite Gianella, no início dos anos 1940Foto: Julio Calegari / Acervo de família, divulgação
O casamento de Elite e Tarcísio Tonolli em 1948Foto: Studio Geremia / Acervo de família, divulgação

Leia mais:
Ranchos no Lanifício Gianella em 1941
Lanifício Gianella na Festa da Uva de 1965
Os 60 anos da Paróquia Santa Catarina 

Elite e o marido Tarcísio TonolliFoto: Acervo de família / divulgação

Leia mais:
Uma noite para recordar do antigo Lanifício Gianella
Cobertores que fizeram a fama do Lanício Gianella
Lanifício Gianella em imagens e lembranças
Lanifício Gianella e outros anúncios na estreia do Pioneiro em 1948   

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros