Santa Lúcia do Piaí: a visita de Dom Vicente Scherer em 1947 - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória27/09/2019 | 10h50Atualizada em 27/09/2019 | 11h17

Santa Lúcia do Piaí: a visita de Dom Vicente Scherer em 1947

Arcebispo de Porto Alegre chegou ao distrito caxiense para inaugurar a nova Casa Canônica

Santa Lúcia do Piaí: a visita de Dom Vicente Scherer em 1947 Acervo de Nuely Comunello/divulgação
Dom Vicente Scherer (E) durante sua passagem por Santa Lúcia do Piaí em 1947 Foto: Acervo de Nuely Comunello / divulgação

Dando sequência à publicação das memórias do distrito de Santa Lúcia do Piaí, uma parceria da coluna com o historiador e pesquisador Éder Dall'Agnol dos Santos, destacamos hoje a visita do Arcebispo Metropolitano de Porto Alegre ao distrito, em finais da década de 1940. Foi quando a comunidade viu surgir um de seus ícones religiosos mais emblemáticos. 

A família de Sisto Echer em Santa Lúcia do Piaí

Conforme Éder, em 28 de junho de 1947 chegava a Santa Lúcia do Piaí a notícia de que Dom Vicente Scherer iria realizar uma visita pastoral a fim de inaugurar e benzer a nova Casa Canônica, ao lado da igreja. Dito e feito: duas semanas depois, em 15 de julho, o arcebispo, acompanhado pelo secretário Paulo Scopel e pelo vigário de Santa Lúcia, padre Pedro Faustino Picolli, era acolhido entusiasmadamente pelos moradores da vila. 

Logo após a chegada, Dom Vicente anunciou que, dali a poucos dias, os padres da Ordem dos Agostinianos viriam tomar posse da paróquia, com o intuito de fundar uma escola apostólica – o atual pároco seria deslocado para outra comunidade. Em seguida, Scherer prosseguiu a cerimônia de inauguração e bênção da casa. Já na manhã do dia 16, quando da festa de Nossa Senhora do Carmo, o arcebispo administrou o Santo Sacramento da Crisma a 613 crianças e adultos. 

A visita encerrou-se no dia 17, com Dom Vicente Scherer seguindo para Canela na companhia do ex-vigário de Santa Lúcia e então atual vigário da cidade, padre João Marchesi.

Leia mais:
Santa Lúcia do Piaí pelas lentes de Fiorentino Cavalli
Santa Lúcia do Piaí: um fotógrafo e um distrito eternizado
Família de João Communello em Santa Lúcia do Piaí
O Bar Communello na história de Santa Lúcia do Piaí   
Família Andreazza em Santa Lúcia do Piaí 

A cerimônia

A imagem acima, pertencente ao acervo da professora aposentada Nuely Communello (a menina de véu, à direita, com 10 anos), traz o registro da visita do arcebispo Dom Vicente Scherer (à esquerda) ao distrito, em 1947.  

Na foto aparecem ainda o escrivão distrital Afonso Pires (lendo o discurso, à direita), Antonio Damin, João Vitório Cavalli e, ao centro, com os braços cruzados, o seminarista Leduvino Benedito Lazzarotto, ordenado padre em Santa Lúcia do Piaí em 1962. 

 Parceria

Colaborador da coluna Memória, o historiador Éder Dall'Agnol dos Santos vem pesquisando a trajetória de diversas famílias que ajudaram a colonizar o distrito de Santa Lúcia do Piaí desde finais do século 19. O trabalho, segundo ele, deverá ser transformado em livro em breve.

Moradores do distrito que tenham interesse em colaborar com fotos e dados sobre suas famílias ao longo do século 20 podem entrar em contato pelo e-mail ederdallagnol89@gmail.com ou telefone/whatsapp (54) 98449.9186.

Leia mais:
Origens da família de Sisto Echer em Santa Lúcia
Santa Lúcia do Piaí: o casamento de Santo Zanol e Nair Turella em 1959
Família Damin e as origens de Santa Lúcia do Piaí
Família de Antonio Damin em Santa Lúcia do Piaí
Família de Francesco Lazzarotto na década de 1920
Francesco Lazzarotto e a capela da Linha São Maximiliano  
Santa Lúcia do Piaí: a morte de Dom Ambrósio Andreazza em 1947
Santa Lúcia do Piaí: as origens de Nova Camaldoli  

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros