Um Fusca de presente na Festa da Uva de 1969 - Cidades - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Memória06/03/2019 | 07h30Atualizada em 06/03/2019 | 07h30

Um Fusca de presente na Festa da Uva de 1969

Ícone pop, que celebra aniversário de 60 anos em 2019, foi ofertado à rainha Elisabete Menetrier pela Vinícola Luiz Michielon

Um Fusca de presente na Festa da Uva de 1969 Acervo pessoal / divulgação/divulgação
Em 1969: Marileudes Meyrer desfila no Fusca oferecido pela Vinícola Luiz Michielon S/A Foto: Acervo pessoal / divulgação / divulgação

O aniversário de  60 anos do Fusca, o besouro brasileiro, produzido por aqui a partir de 1959, coincide com os 50 de uma tradição da Festa da Uva: presentear a rainha com um automóvel. Em 1969, a vencedora do certame, Elisabete Menetrier, foi contemplada com um modelo bordô (cor de uva, lógico) oferecido pela Vinícola Michielon — uma prática que se estende até hoje, ora pela comissão organizadora do evento, ora pelas entidades patrocinadoras (leia mais abaixo).

Escolhida durante um badalado baile em 24 de novembro de 1968, na sede social do Recreio da Juventude, Elisabete reinou acompanhada pelas princesas Elizabeth Corsetti, Jocélia Pizzamiglio, Lisana Schumacher e Ana Cristina Rodrigues. Matéria publicada no Pioneiro de 30 de novembro de 1968 destacou a premiação e, logicamente, o Fusca:

"Passados os primeiros segundos de emoção, Silvia Ana Celli (soberana de 1965) despediu-se como rainha com uma breve oração cheia de inteligência e de palavras bem pensadas, e então o sr. Roberto Michielon, entregou a rainha Elizabete Maria Menetrier o prêmio da firma Luiz Michielon S.A, ofertando à mesma a chave do Volkswagen  zerinho quilômetro".

Na imagem abaixo, um raro registro do Fusca, com a referência da Vinícola Michielon, onde a jovem Marileudes Meyrer trabalhava como recepcionista. É ela, inclusive, quem aparece desfilando sobre o carro. 

Falando nisso, por onde será que ele anda?

Leia mais:
Badalação na Festa da Uva de 1969
Em 1969, o primeiro corso noturno da Festa da Uva
Festa da Uva 1969 e os primórdios da TV Caxias - Canal 8
Michelin Filmes: o filme de divulgação da Festa da Uva de 1969
Flagrantes das Festas da Uva de 1965 e 1969
Fuscas dominam o estacionamento dos Pavilhões em 1975

Há 5o anos: Marileudes Meyrer desfila no Fusca oferecido pela Vinícola Luiz Michielon S/AFoto: Acervo pessoal / divulgação

50 anos depois 

Rainha da Festa da Uva 2019, Maiara Perottoni ganhou um Fiat Mobi do Supermercados Andreazza, uma das entidades que patrocinaram a então candidata, que representava ainda a Lorigraf e a Festa do Vinho Novo. A entrega ocorreu durante um badalado filó realizado em Forqueta, em agosto do ano passado. 

Leia mais:
Patrocinadores dão carro para rainha e joias para princesas da Festa da Uva 2019

Elisabete Menetrier durante a passagem do carro alegórico das soberanas pela Sinimbu em 1969Foto: Carlos Caetano Pettinelli / Acervo pessoal de Maria Angelica Pettinelli Angonese, divulgação

Besouro sessentão

Resistente, fácil de conduzir e de estacionar, com manutenção barata, o icônico automóvel Volkswagen Sedan tornou-se brasileiro em 1959, quando, em São Bernardo do Campo (SP), a Volkswagen do Brasil iniciou sua produção em série. Antes, já circulava no país em bom número, desde 1950, pois alguns eram montados aqui e outros importados diretamente da Alemanha, onde seu projeto nasceu nos anos 1930.

Durante décadas, o desenho de sua carroçaria não mudou, e as pequenas modificações ocorriam na configuração de itens como os faróis, janelas, maçanetas e lanternas traseiras, sempre ampliados. Criado para ser o "carro do povo", significado do próprio nome no idioma germânico, seu preço era baixo, o que contribuiu para que ele logo tomasse conta das ruas. 

Em Caxias, a revendedora autorizada era a Wisintainer Comércio de Automóveis Ltda., então  situada à Rua Sinimbu, 135 — conforme vemos no anúncio abaixo, publicado na edição do Pioneiro de 4 de janeiro de 1969. 

Leia mais:
Encontro de Fuscas movimenta o estacionamento da UCS

Foto: Centro de Memória da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul / reprodução

Leia mais:
Festa da Uva: um ensaio com as soberanas de 1965
Festa da Uva de 1965: miss, bomba e cuia no desfile
O primeiro corso noturno da Festa da Uva em 1969
Os 50 anos do corso noturno da Festa da Uva
Os míticos carros alegóricos de Darwin Gazzana
Darwin Gazzana: o mago dos figurinos    

Frota de táxis

Claramente contrariando o bom senso, o carrinho de apenas duas portas foi também incorporado com sucesso à frota de táxis do país, exigindo para isso a esdrúxula adaptação que removia o banco dianteiro do carona para facilitar o acesso dos passageiros ao interior do veículo. 

Nessa época, não foram poucos os usuários que, sem afivelar o cinto de segurança, foram lançados contra o taxímetro e o painel (com graves consequências) durante eventuais colisões.

Os apelidos

Donos da paisagem urbana, logo foram ganhando apelidos carinhosos, como besouro, fuca, fusquinha, fuscão, Itamar e Fusca, este último adotado pela própria fábrica e transformado em nome próprio a partir de 1983. 

Depois de uma interrupção por sete anos, que parecia ter aposentado definitivamente o besouro brasileiro, durante o governo do presidente Itamar Franco, a produção do modelo foi retomada, em 1993, para ser, aí sim, encerrada ao que tudo indica para sempre, em 1996. 

O último exemplar da espécie, no mundo, foi feito no México, em 2003.

Com informações da coluna Almanaque Gaúcho, de Zero Hora.

Leia mais:
Os míticos carros alegóricos de Darwin Gazzana
Darwin Gazzana: o mago dos figurinos
Carro alegórico da Randon na Festa da Uva de 1972
Festa da Uva: um desfile pela Sinimbu em 1972
1972: o último ano do Pavilhão da Festa da Uva no Centro
Inauguração dos Pavilhões da Festa da Uva de 1975
Festa da Uva: construção da Réplica de Caxias, nos Pavilhões, em 1977

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros