Procon determina ressarcimento a pessoas que não puderam assistir a shows de sexta-feira na Festa da Uva  - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

32ª Festa da Uva10/03/2019 | 15h01Atualizada em 10/03/2019 | 18h36

Procon determina ressarcimento a pessoas que não puderam assistir a shows de sexta-feira na Festa da Uva 

Reembolso será dado a quem adquiriu os ingressos específicos (área vip, camarotes e on stage). Órgão também exige ressarcimento de valor gasto com transporte

Procon determina ressarcimento a pessoas que não puderam assistir a shows de sexta-feira na Festa da Uva  Antonio Valiente/Agencia RBS
Noite de shows de Anitta e Né Neto & Cristiano foi a mais procurada da Festa da Uva, mas também a que registrou desordem e tumultos Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Após receber diversas denúncias de visitantes da Festa da Uva que não puderam assistir aos shows de Anitta e Zé Neto & Cristiano, na última sexta-feira — por conta da lotação esgotada e do consequente bloqueio por conta da Brigada Militar — o Procon de Caxias do Sul determinou o ressarcimento aos consumidores lesados.  O valor dos ingressos varia entre R$ 40 e R$ 200.

Leia mais
Lotação da pista e chuva causam transtornos ao público dos shows, em Caxias
Piso de camarote cede durante show de Anitta na Festa da Uva

Além do valor dos ingressos comprados para as áreas vip, camarotes e on stage (todos específicos para acesso aos shows), o órgão também determinou que a Festa faça o ressarcimento das despesas de deslocamento com transporte de quem adquiriu o ingresso exclusivo e ficou de fora. O pedido deve ser feito pelo site www.festadauva.com.br

O órgão também solicitou à organização do evento um relatório sobre a noite de sexta, para que seja feita uma análise mais criteriosa. Na tarde de sábado, o coordenador do Procon, Luiz Fernando Horn, esteve no local para verificar as denúncias. 

— Segundo a Comissão Comunitária da Festa, havia problemas na segurança do local. A Brigada Militar assumiu o controle e restringiu o acesso à área de shows. Na sequência, também teria proibido a entrada no parque, por isso muitas pessoas acabaram ficando de fora — esclareceu Luiz Fernando.

Ainda sobre a sexta-feira, foram feitas denúncias de que o piso de um dos camarotes teria cedido durante os shows, o que também foi averiguado por Horn.

— Tomamos a iniciativa de chamar os bombeiros para avaliar o local e dar certeza de que é seguro para os demais shows. O piso já está consertado reforçado — explicou Luiz Fernando. 

Após conserto, o local foi liberado pelos bombeiros a tempo dos shows de sábado, das bandas Jota Quest e Capital Inicial.

Leia Também:
"Quem não conhece, está conhecendo", diz Gava sobre goleada do Caxias
Incêndio destroi parte de shopping em Farroupilha na madrugada deste domingo
Homem fica ferido após sofrer descarga elétrica em estande nos pavilhões da Festa da Uva 



 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros