Família Soldatelli realiza encontro para celebrar 200 anos do nascimento da matriarca - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória15/03/2019 | 10h46

Família Soldatelli realiza encontro para celebrar 200 anos do nascimento da matriarca

Mais de 800 pessoas já confirmaram presença no almoço deste domingo, em São Marcos

Família Soldatelli realiza encontro para celebrar 200 anos do nascimento da matriarca Giacomo Geremia / Acervo de família, divulgação/Acervo de família, divulgação
Carolina Tomallini Soldatelli acompanhada do filho Vittorio Soldatelli (à esquerda) e do neto Angelin (à direita), filho de Antonio Soldatelli Foto: Giacomo Geremia / Acervo de família, divulgação / Acervo de família, divulgação

"Empoderada era sua tataravó" talvez seja o lema a ser seguido pelos mais de 5 mil descendentes de Carolina Tomallini Soldatelli (1819-1917), um grande exemplo da força da mulher imigrante. No final do século 19, ela migrou da localidade de San Benedetto Po, na província de Mantova, na Itália, chegando ao Brasil em 29 de maio de 1878.  

Parte dessa saga será recordada neste domingo (17), em São Marcos, quando mais de 800 pessoas participarão do almoço festivo  para recordar os 200 anos de nascimento da matriarca, em 17 de março de 1819. Os ingressos, lógico, estão esgotados.

Trajetória da família Soldatelli em São Marcos

Viúva aos 59 anos, Carolina enfrentou a jornada com os dois filhos mais jovens, Luigi e Vittorio, um já casado, Antonio (Tognon), mais a nora e sete netos. Ao chegar ao Rio Grande do Sul, os Soldatelli rumaram a Nova Trento, atual município de Flores da Cunha. 

O filho Luigi permaneceu por lá e manteve negócios no distrito de Nova Roma, onde fundou uma olaria, enquanto Tognon e Vittorio se estabeleceram como comerciantes em São Marcos, naquele tempo um distrito de Caxias do Sul. Foi com o filho Vittorio, casado com Adelina Crestana, que Carolina morou em São Marcos até falecer, em 25 de dezembro de 1917, aos 98 anos.

Leia mais:
Inauguração do Monte Calvário, em São Marcos, em 1952
As fases da Igreja Matriz de São Marcos
Dia da Criança: registros da infância do bispo Dom Paulo Moretto
Família de Antonio Damin em Santa Lúcia do Piaí
A trajetória da família Tessari em livro  

Carolina Tomallini Soldatelli acompanhada do filho Vittorio Soldatelli (à esquerda) e do neto Angelin (à direita), filho de Antonio SoldatelliFoto: Giacomo Geremia / acervo de família, divulgação

Cabecinha de Ouro

Luigi Soldatelli foi um importante comerciante na região. Os negócios foram mantidos pelo filho Pedro e, posteriormente, pelo neto Homero Soldatelli, que dá nome ao Estádio Municipal de Flores da Cunha. Homero também foi jogador do Juventude, sendo conhecido como "Cabecinha de Ouro", por marcar muitos gols de cabeça. Defendeu ainda o Independente de Flores da Cunha e foi muito atuante na vida esportiva do município.

Na imagem abaixo, Homero Soldatelli (terceiro da esquerda para a direita, em pé), com os pais e irmãos posando para a posteridade no Studio Geremia, em meados da década de 1940. Em pé estão ainda os irmãos Benito, Nilto e Luís (D). Na frente,  os pais Pedro e Rosina com Dolores, Beatriz, Dante e Neda.

Leia mais:
A trajetória do imigrante italiano Ludovico Cavinato
Encontro da família Libardi em Galópolis
Encontro da família Guerra em Carlos Barbosa 

Pedro Soldatelli e Rosina Zugno (ao centro) com os filhos Benito, Nilto, Homero e Luiz. À frente, Dolores, Beatriz, Dante e NedaFoto: Studio Geremia / Acervo de família, divulgação

Homenagens

O túmulo da matriarca Carolina Tomallini Soldatelli encontra-se no Cemitério Municipal de São Marcos, juntamente com o do filho Vittorio e sua esposa, Adelina Crestana Soldatelli. 

Contatos

Mais informações pelo grupo Soldatelli – Descendentes dos Soldatelli – 200 Anos da Matriarca Carolina, no Facebook, ou pelos telefones (54) 3291.5180, com Candice Soldatelli, e (54) 99905.1741, com Pedro.

Participe

Você possui fotos antigas de família ou está organizando algum encontro de descendentes. Envie as imagens em alta resolução com um breve histórico para o e-mail rodrigolopes33@gmail.com.

Leia mais:
Encontro da família Gedoz em Carlos Barbosa
Encontro da família Segalla em São Braz
Encontro das famílias Gavazzoni e Muraro em Flores da Cunha
Família Vasata celebra as origens italianas
Os 125 anos da família Tonus no Brasil
Encontro internacional da família Bigolin em Pinto Bandeira
Imigração italiana: Isidoro Bigolin e o brinco de ouro  
Encontro dos descendentes de Ciro Rech e Rosina Bisol   

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros