Recreio da Juventude resgata sua história no projeto Memórias RJ - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória04/02/2019 | 07h30Atualizada em 04/02/2019 | 07h30

Recreio da Juventude resgata sua história no projeto Memórias RJ

Interessados podem doar fotos e documentos relacionados à trajetória de 106 anos do clube

Recreio da Juventude resgata sua história no projeto Memórias RJ Acervo Recreio da Juventude / divulgação/divulgação
Área da sede campestre foi adquirida em 1958, época em que os terrenos ainda integravam a zona rural de Caxias Foto: Acervo Recreio da Juventude / divulgação / divulgação

O convite já está circulando direto nas redes sociais do Recreio da Juventude: em breve, o clube dará início a um grande projeto de resgate de sua história, com a participação aberta a associados e comunidade em geral. Trata-se do Memórias RJ, ação para relembrar e eternizar os momentos mais marcantes dos 106 anos do surgimento da agremiação.

Por meio de empréstimo ou de doação definitiva, o RJ irá receber fotos, relatos, vídeos, atas, entre outros documentos, guardados por quem participou ou vivenciou momentos significativos, nas mais diversas épocas. Os materiais deverão compor o acervo físico do clube. Interessados podem entrar em contato por  meio do telefone (54) 3028.3555, no Departamento de Projetos, ou enviar pelo e-mail acervo@recreiodajuventude.com.br.

Para ir entrando no clima de nostalgia, destacamos alguns registros do clube já publicados pela coluna, a partir da colaboração de dona Therezinha Spinato Bissaco, rainha de 1955. Abaixo, um registro do coquetel realizado em 27 de dezembro de 1955, véspera da inauguração da nova sede social e da coroação.

Da esquerda para a direita vemos as ex-rainhas do clube Julinha Lamb e Alda Muratore Eberle (em pé), a titular de 1954, Dinorah Sanvitto (sentada à esquerda), e sua sucessora, Therezinha Spinato (sentada à direita), que seria coroada no dia seguinte – ao centro, uma moça não identificada. Em pé, à direita, o diretor presidente do clube, Miguel Sehbe, e a esposa, dona Aracy. 

Leia mais:
Recreio da Juventude: uma nova sede social surge em 1955
Um baile de gala no Recreio da Juventude em 1955
Recreio da Juventude: um Natal em 1955
Agitos do Recreio da Juventude em 1955
Folias de Carnaval no Recreio da Juventude em 1986
Três clubes e um baile para recordar

Dezembro de 1955: Therezinha Spinato (sentada à direita) com Julinha Lamb (E), Alda Muratore Eberle, Dinorah Sanvitto e o casal Miguel e Aracy SehbeFoto: Studio Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Trajetória iniciada em 1912

O Recreio da Juventude foi fundado em 28 de dezembro de 1912. O nome do clube  deveu-se ao critério de designar para cargos de presidência somente homens solteiros. Desde o início, o clube foi recreativo e esportivo, tendo como foco principal o futebol. 

A inauguração da atual sede social, localizada na Rua Pinheiro Machado, 1.762, ocorreu em 28 de dezembro de 1955, na gestão do empresário Miguel Sehbe. Já em 10 de dezembro de 1958, foi adquirido de Luiz de Stefani o terreno onde encontra-se a Sede Campestre, na época ainda zona rural, formado pelos lotes sete e nove do Travessão Dom Pedro II, na 7ª Légua. Logo em seguida, iniciou-se a limpeza do terreno e a projeção para construção da primeira piscina, concluída em 1962.

Leia mais:
Antigos verões no Clube Palermo
Torres eternizada pela lendária Foto Feltes
Antigos verões: o Balneário De Lazzer
Sede campestre do Recreio Guarany em 1973
Praia de Banhos de Torres em 1962 

O jantar de inauguração da nova sede social, em 28 de dezembro de 1955 Foto: Studio Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Primórdios

O primeiro presidente do Recreio da Juventude foi Ferdinando Jaconi, atuante entre 1913 e 1914.

Com informações do site oficial do Recreio da Juventude

Leia mais:
A nova pintura do Clube Juvenil em 1990
Um passeio pelos salões do Clube Juvenil
Escolha da rainha do Clube Juvenil em 1959
Clube Aliança, uma tradição de Bento Gonçalves
Clube Juvenil, 110 anos depois
Time de Bolão Garra de Ferro, do Recreio Guarany, em 1958
Bairro São Leopoldo: Sociedade Marechal Rondon de Arco e Flecha em 1961

Confira outras publicações da coluna Memória
Acesse antigas publicações do blog Memória   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros