Casa Gaúcha, um clássico do Centro - Cidades - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória30/01/2019 | 07h45Atualizada em 30/01/2019 | 12h29

Casa Gaúcha, um clássico do Centro

Loja situada na Rua Sinimbu quase esquina com a Dr. Montaury fidelizou diversas gerações de consumidores 

Casa Gaúcha, um clássico do Centro Studio Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação/Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação
Esquina da Dr. Montaury com Sinimbu: a lateral do Edifício Bolzani, com o letreiro da Casa Gaúcha, e o antigo pavilhão de Feiras Livres Foto: Studio Geremia / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação / Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

O álbum Caxias do Sul - A Metrópole do Vinho, lançado em 1957, é um documento precioso para se conhecer a evolução de diversas casas de comércio. Na terceira parte, intitulada "As Mãos Criadoras", o livro destaca uma série de indústrias, lojas e estabelecimentos comerciais que fizeram – e ainda fazem história. Um deles foi a lendária Casa Gaúcha de Bolzani & Casanova, localizada na Rua Sinimbu,  números 1.885 e 1.893, próximo à Rua Dr. Montaury.

Caxias em 1957: A Metrópole do Vinho

De propriedade de Reinaldo Bolzani e Layre Casanova, "dois moços cheios de entusiasmo pelo trabalho e donos de um elevado conceito social dentro da cidade", a firma dividia-se em duas lojas: uma de artigos para homens e crianças, outra com finos artigos para senhoras. Era lá que a freguesia encontrava o melhor em pijamas, camisas, meias, lenços, gravatas e, e, logicamente, os lendários chapéus das grifes Prada e Ramenzoni.

Na foto acima, de meados de 1954,  a lateral da Casa Gaúcha, situada no térreo do Edifício Bolzani. Captada a partir dos altos do Magnabosco, a imagem possibilita a visão do slogan Casa Gaúcha - O Maior Empório de Artigos para Homens, junto à propaganda dos produtos Ramenzoni. Na esquina, vê-se o antigo pavilhão de Feiras Livres, onde posteriormente subiria o prédio do Banco do Brasil.

Leia mais:
Prédio do Banco do Brasil em 1958
Funcionários do Banco do Brasil em 1955
Banco do Brasil em uma caricatura em 1957
Rua Dr. Montaury em 1959
Inauguração das Feiras Livres em 1948
Mercadinho do Povo na Av. Júlio em 1947  
Primórdios da Escola de Belas Artes de Caxias do Sul
Escola Superior de Belas Artes em 1958
Elyr Ramos Rodrigues e Aldo Locatelli: um retrato em 1952 

Livro foi lançado ás vésperas da Festa da Uva de 1958Foto: Rodrigo Lopes / Especial
A página dedicada à lendária Casa GaúchaFoto: Rodrigo Lopes / Especial

Leia mais:
Rua Dr. Montaury: Família de Raymundo Magnabosco em 1946
Casa Magnabosco e outros preferidos dos caxienses em 1954
Praça Dante Alighieri e arredores nos anos 1930 e 1940
Primórdios do Museu Municipal na década de 1950
Edifício Brazex iluminado para o Natal de 1954 

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória   

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros